TU­DO CO­MO DANTES NO BARRADÃO

Pas­sa­da a tra­gé­dia de 2017, Vi­tó­ria vi­ve no­vo mo­men­to con­tur­ba­do e fler­ta com o de­sas­tre

Jornal da Metropole - - Esporte - Tex­to Matheus Si­mo­ni matheus.si­mo­ni@me­tro1.com.br

Da eu­fo­ria à tris­te­za, a elei­ção de Ri­car­do Da­vid re­pre­sen­tou um marco na his­tó­ria re­cen­te do Vi­tó­ria por ser ele o pri­mei­ro pre­si­den­te elei­to de for­ma de­mo­crá­ti­ca, com vo­to dos só­cio-tor­ce­do­res. A ce­le­bra­ção da de­mo­cra­cia, no en­tan­to, deu lu­gar ao de­sen­can­to, com pí­fi­as apre­sen­ta­ções den­tro e fo­ra de cam­po. O acú­mu­lo de ve­xa­mes do fu­te­bol cul­mi­nou com a der­ro­ca­da do téc­ni­co Vag­ner Man­ci­ni, ti­do co­mo in­di­ges­to pa­ra par­te dos tor­ce­do­res. Não fal­ta­ram ar­gu­men­tos: bir­ra, for­ma­ção de pa­ne­la, es­que­mas tá­ti­cos in­vi­sí­veis e ne­nhu­ma me­lho­ria apre­sen­ta­da após a pa­ra­da da Co­pa do Mun­do. Res­tou ao car­to­la demitir o trei­na­dor e ini­ci­ar a bus­ca por um no­vo no­me que pos­sa dar um ru­mo me­lhor ao ti­me, que ten­ta reu­nir os ca­cos de um pro­ble­ma com raí­zes em 2017.

Em­bo­ra te­nha se li­vra­do do re­bai­xa­men­to no ano an­te­ri­or, o Leão ini­ci­ou a tem­po­ra­da na ten- ta­ti­va de se re­er­guer. Afun­da­do em dí­vi­das e com o fi­nan­cei­ro no ver­me­lho, o clu­be te­ve um sus­pi­ro com a ven­da de atle­tas im­por­tan­tes do elen­co, co­mo os ata­can­tes San­ti­a­go Trél­lez e Da­vid. No en­tan­to, epi­só­di­os de vi­o­lên­cia no pri­mei­ro Ba-Vi do ano e a pos­tu­ra do ti­me no clás­si­co ar­ra­nha­ram a já des­gas­ta­da ima­gem da equi­pe. A saí­da pre­co­ce de cam­po mo­ti­vou piadas em um epi­só­dio que ain­da não foi to­tal­men­te ex­pli­ca­do pe­las prin­ci­pais per­so­na­gens da tra­ma.

Mau­ri­cia da mat­ta/ec vi­to­ria

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.