L'Officiel Brasil

EXPERIÊNCI­A SINESTÉSIC­A

UMA FRAGRÂNCIA QUE VOCÊ PODE SENTIR, TOCAR, VER – E OUVIR. É ESSA A MAIS NOVA APOSTA DE FENDI AO APRESENTAR A LINHA FENDI FRENESIA PINK SCENTED COLLECTION

- POR KARINA HOLLO

PROCESSO SECULAR

A técnica usada se parece muito com a dos mestres fabricante­s de luvas perfumadas do século 12. “A única diferença é um passo secreto que nos permite usar couros finos de alta qualidade nos mais diversos acabamento­s e cores. Esse não era o caso nos anos 1300. Por isso, quis aprimorar esse processo histórico para os tempos modernos”, conta Francis. “O ponto chave é criar um aroma duradouro para que fique no couro por muito tempo. Trata-se de elaborar um perfume sem notas de topo (que evaporam em poucos minutos), menos notas de coração (porque não são duradouras o suficiente) e quase com todas as notas de base para que perdurem mais. O resultado deve ficar harmonioso, agradável e estético”, complement­a.

Mas a edição de 2020 foi além. O novo projeto, Fendi Frenesia Pink, lançado na Semana de Moda de Milão, em setembro deste ano, é outra parceria entre Fendi e Francis. Foi ele, mais uma vez, o responsáve­l por criar a Eau de Parfum nas variantes Regular e Nano da Baguette rosa, ambas confeccion­adas em couro Selleria – dessa vez, um alegre floral.

E depois de incluir toque, olfato e visão ao perfume, chegou a hora da audição entrar nessa experiênci­a dos sentidos, com a assinatura da artista e fotógrafa canadense-suíça Christelle Boulé. “A cor e o aroma do Fendi Frenesia Pink foram analisados e convertido­s em frequência­s, ondas e sinusoides. As notas frutadas de almíscar do aroma foram codificada­s em instrument­os, traduzindo a fragrância em som. Em seguida, a cor rosa do couro foi transforma­da em uma escala “Slb” – seguindo a teoria Skrjabin –, que atribui uma cor a cada nota. A forma da onda, gerada pela melodia, desenha curvas animadas tridimensi­onais, que mudam conforme o tempo e o ritmo”, descreve Silvia. O resultado é The Sound of Fragrance, uma representa­ção visual e sonora da Fendi Frenesia Pink que se move e dança em forma líquida. Não é à toa que o lema da casa Fendi é: “Nada é impossível”.

As linhas Fendi Frenesia Yellow e Pink vêm com um frasco de 5 ml do respectivo bálsamo, que pode ser usado na pele ou vaporizado em um cartão sutilmente escondido dentro da bolsa para dar aquele refresh na sua caracterís­tica olfativa. “Para Yellow, eu queria uma nota de couro brilhante e pura, envolvente, macia e confortáve­l de usar com um toque ousado graças ao uso do óleo Íris”, diz Francis. Criou-se uma fragrância sem gênero. “As notas de couro não têm gênero por natureza e por essência. Eu sempre decido a família da fragrância no final do meu processo criativo, uma vez que o perfume é concluído. Não é o começo, mas o fim, uma vez que você tenha alcançado o que tem em mente. Em tempo: sem gênero não é uma tendência, sempre existiu. Pense na Eau de Cologne do século 17”, exemplific­a ele. Ambas estão disponívei­s em butiques Fendi selecionad­as em todo o mundo e no site. fendi.com

 ??  ??
 ??  ?? FRANCIS KURKDJIAN E SILVIA VENTURINI FENDI: SENTIDOS AGUÇADOS EM UMA PARCERIA QUE DESAFIA O CONVENCION­AL
FRANCIS KURKDJIAN E SILVIA VENTURINI FENDI: SENTIDOS AGUÇADOS EM UMA PARCERIA QUE DESAFIA O CONVENCION­AL
 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil