L'Officiel Brasil

Moda alto-astral

Pragmático sem ser pessimista, Wes Gordon, diretor criativo da marca Carolina Herrera, acredita que a roupa deve proporcion­ar alegria e, cada vez mais, seguir caminhos sustentáve­is.

- Por Silvana Holzmeiste­r

Suceder um ícone não é tarefa fácil. Depois de 40 anos comandando a marca que leva seu nome, em 2017 Carolina Herrera passou a direção criativa para o estilista Wes Gordon – que, desde então, vem construind­o uma carreira interessan­te. Acreditand­o nos mesmos valores de moda da designer venezuelan­a, Gordon tem chamado atenção com coleções femininas, glamourosa­s e de alto-astral, que atualizam os códigos da grife.

Apaixonado por moda, ele passou a fase crítica do distanciam­ento social em Connecticu­t com o marido, o artista Paul Arnhold, especialis­ta em vidro soprado. Mesmo diante das incertezas, montou um home office, tentou manter a rotina de trabalho e intensific­ou prazeres simples da vida, como telefonar para pessoas queridas e ir à cozinha para reproduzir uma receita infalível herdada da avó. Foi nesse clima que ele criou a coleção Resort 2021, em parte inspirada nas criações de Carolina nos anos 1980, quando ela, incentivad­a por Diane Vreeland, deu início à marca.

Acreditand­o que a vida vai além do Zoom, mesmo que a pandemia não tenha dado trégua, Gordon deu à coleção para o próximo verão do Hemisfério Norte o tom de “vista-se para um evento” – ainda que tenha incluído camisas, shorts, calças e vestidos que transitam entre as mais diversas agendas. Nesse clima de otimismo, em novembro ele vestiu Kamala Harris com um terninho branco, repleto de significad­os, para seu primeiro discurso como vice-presidente eleita dos Estados Unidos. “É tão importante homenagear a moda americana que me alegra ver nossa nação adotá-la”, disse o estilista à L’officiel sobre esse episódio e sobre o fato de Kamala estar usando criações de jovens designers americanos em seus compromiss­os oficiais. E mais: de olho nas mudanças no sistema da moda, ele conta que, cada vez mais, acredita em qualidade em vez de quantidade e atemporali­dade no lugar de tendências passageira­s.

 ??  ??
 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil