LUZ FLA­GRA GA­BRI­EL COM LAU­RA NA CA­MA

Ví­ti­ma de uma ar­ma­ção, ele so­fre alu­ci­na­ções e a ex se apro­vei­ta

Mais Mais TV - - Novelas -

Em O Se­ti­mo Guar­dião, Luz (Ma­ri­na Ruy Barbosa) e Ga­bri­el (Bru­no Ga­gli­as­so) já dei­xa­ram cla­ro vá­ri­as ve­zes que o amor de­les é ver­da­dei­ro e que na­da se­rá for­te o su­fi­ci­en­te pa­ra se­pa­rá­los. Nem mes­mo as ar­ma­ções de Va­len­ti­na (Li­lia Ca­bral) ou o jo­go bai­xo de Jú­ni­or (Jo­sé Lo­re­to). Mas, o que eles não ima­gi­na­vam é que Lau­ra (Yan­na La­vig­ne) po­de­ria ser ca­paz de pre­pa­rar uma em­bos­ca­da per­fei­ta. Nos pró­xi­mos ca­pí­tu­los, Luz irá fla­grar os ex-noi­vos na ca­ma e a ce­na se­rá tão for­te que irá co­lo­car em che­que a con­fi­an­ça de­la no ama­do. Se­rá o fim do ro­man­ce do ca­sal de pom­bi­nhos?

EM BUS­CA DE RES­POS­TAS

Ga­bri­el já per­ce­beu que al­go mis­te­ri­o­so pai­ra so­bre sua vi­da e ele quer des­ven­dar o que re­al­men­te acon­te­ce. Pa­ra is­so, es­tá ten­ta­do a to­do cus­to en­trar no ca­sa­rão de Egí­dio (An­to­nio Cal­lo­ni), pois acre­di­ta que ali en­con­tra­rá as ex­pli­ca­ções de que pre­ci­sa. En­tre­tan­to, pa­ra pro­te­ger a fon­te, Ju­dith (Isa­be­la Gar­cia) es­tá mar­can­do du­ro e não per­mi­te que o rapaz fre­quen­te o lo­cal, mes­mo ele sen­do o her­dei­ro da ca­sa. Ga­bri­el, en­tão, te­rá a ideia de ir con­ver­sar com Mi­lu (Ze­zé Po­les­sa), pois já que ela é mís­ti­ca e tem uma co­ne­xão com “o ou­tro mun­do”, tal­vez pos­sa aju­dá-lo a com­pre­en­der tu­do o que es­tá vi­ven­do.

UM CHÁ ALUCINÓGENO

A do­na da Cris­ta­li­na acei­ta­rá ori­en­tar Ga­bri­el, já sa­ben­do que es­tá pró­xi­mo o anún­cio de que ele é o sé­ti­mo guar­dião. Ao che­gar na lo­ja de Mi­lu, Ga­bri­el es­ta­rá mui­to agi­ta­do e afli­to, en­tão a mís­ti­ca di­rá que ele de­ve se acal­mar pa­ra que eles pos­sam con­ver­sar. Pa­ra tan­to, irá ser­vir um chá de tí­lia, er­va que tem a pro­pri­e­da­de de com­ba­ter a an­si­e­da­de. Mas o que ela não sa­be­rá, ain­da, é que Ri­val­da (Giu­lia Gayo­so) te­rá fei­to uma ba­gun­ça, tro­can­do de lu­gar e mis­tu­ran­do as er­vas de sua lo­ja. As­sim, Ga­bri­el aca­ba­rá in­ge­rin­do um chá de cac­to me­xi­ca­no. A be­bi­da, além de pro­vo­car alu­ci­na­ções, faz quem o be­be ter sen­sa­ções de­sa­gra­dá­veis e até per­der a cons­ci­ên­cia.

LAU­RA EN­TRA NA JO­GA­DA

De­pois da con­ver­sa com Mi­lu e sob o efei­to do chá, Ga­bri­el sai­rá de­so­ri­en- ta­do e vai pe­gar o car­ro, di­ri­gin­do sem des­ti­no. Pre­o­cu­pa­da pe­la de­mo­ra de­le, Luz irá pro­cu­rar Va­len­ti­na, avi­san­do do su­mi­ço de seu ama­do. A me­ge­ra, fin­gi­rá que não es­tá nem aí, mas, re­ce­o­sa e pen­san­do em uni-lo no­va­men­te a Lau­ra, or­de­na­rá que es­sa vá atrás do jo­vem. Ela não vai pen­sar du­as ve­zes e sai­rá com o car­ro, acom­pa­nha­da de Al­fre­do (Rob­son San­tos).

FLA­GRA FA­TAL

Lau­ra en­con­tra­rá o car­ro de Ga­bri­el em uma ri­ban­cei­ra, pró­xi­mo à saí­da de Ser­ro Azul. Ele es­ta­rá caí­do por ali, de­sa­cor­da­do. Apro­vei­tan­do do mo­men­to e con­tan­do com a aju­da do mo­to­ris­ta, Lau­ra le­va­rá Ga­bri­el pa­ra a man­são de Va­len­ti­na e o co­lo­ca­rá pa­ra dor­mir em sua ca­ma. No ou­tro dia, Luz irá no­va­men­te à ca­sa da fu­tu­ra so­gra, em bus­ca de in­for­ma­ções do ama­do de­sa­pa­re­ci­do. Sem co­ra­ção, a vi­lã di­rá que ele pas­sou a noi­te em sua ca­sa e que Luz po­de su­bir, pa­ra vê-lo com seus pró­pri­os olhos. Sem en­ten­der na­da, a jo­vem se­rá con­du­zi­da por Va­len­ti­na até o quar­to de Lau­ra, on­de ve­rá o ca­sal dor­min­do abra­ça­di­nho, no mai­or cli­ma de ro­man­ce.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.