Su­co de la­ran­ja é saúde!

Malu - - BEM-ESTAR -

Que o su­co de la­ran­ja pu­ro, di­re­to da fru­ta, sem adi­ção de água e con­ser­van­tes faz bem à saúde, não é no­vi­da­de. Mas ago­ra tam­bém se dis­cu­te o be­ne­fí­cio dos nu­tri­en­tes na pre­ven­ção e no com­ba­te ao co­les­te­rol, do­en­ças car­di­o­vas­cu­la­res e até ane­mia.

Bom­ba de nu­tri­en­tes

De acor­do com a nu­tri­ci­o­nis­ta Ly­via Men­des, o pro­du­to in na­tu­ra tem mais com­po­nen­tes con­cen­tra­dos. “Es­sa ri­que­za em sais mi­ne­rais e fla­vo­noi­des tor­na o su­co mui­to mais te­ra­pêu­ti­co que a pró­pria fru­ta”, ex­pli­ca. Ele acres­cen­ta ain­da, que o su­co de la­ran­ja pu­ro de ver­da­de age co­mo um isotô­ni­co e hi­drotô­ni­co no or­ga­nis­mo, que foi es­pre­mi­do di­re­to da fru­ta. “Água e ou­tras fru­tas são in­su­fi­ci­en­tes pa­ra re­por a ener­gia e hi­dra­tar o cor­po, prin­ci­pal­men­te atle­tas, pra­ti­can­tes de ati­vi­da­de fí­si­ca e aque­les que ne­ces­si­tam de uma re­po­si­ção mai­or de vi­ta­mi­na C, fi­bras, ci­tra­to e fi­to­nu­tri­en­tes com ação ci­ca­tri­zan­te e an­ti-in­fla­ma­tó­ria”, afir­ma Ly­via.

Só be­ne­fí­ci­os!

“O su­co de la­ran­ja pu­ro pu­ri­fi­ca o cor­po, é an­ti-in­fla­ma­tó­rio e aju­da a nos­sa mi­cro­bi­o­ta in­tes­ti­nal – as bac­té­ri­as do bem que vi­vem no nos­so in­tes­ti­no. Sem con­tar que re­tar­da o en­ve­lhe­ci­men­to, pro­te­ge o co­ra­ção e é diu­ré­ti­co”, en­fa­ti­za a es­pe­ci­a­lis­ta.

Na di­e­ta

Cul­par o su­co de la­ran­ja co­mo vi­lão da di­e­ta, se­gun­do a nu­tri­ci­o­nis­ta, é um mi­to. “Não po­de­mos cul­par ne­nhum ali­men­to por ga­nho ou per­da de pe­so. Is­so ocor­re por um con­jun­tos de ali­men­tos con­su­mi­dos ha­bi­tu­al­men­te, que im­pac­tam no ema­gre­ci­men­to ou pre­ju­di­cam a di­e­ta”, afir­ma. Com re­la­ção à quan­ti­da­de de açú­car, que é mai­or no su­co do que em uma fru­ta, a nu­tri­ci­o­nis­ta Ta­li­ta Fer­raz ex­pli­ca: “Ape­sar de o su­co pos­suir o ín­di­ce gli­cê­mi­co mai­or que a fru­ta, quan­do com­bi­na­do com ou­tros ali­men­tos que se­jam fon­tes de fi­bras, por exem­plo, não cau­sa tan­to im­pac­to. Is­so ocor­re por­que as fi­bras con­ti­das na re­fei­ção re­tar­dam a ab­sor­ção do su­co. Re­co­men­da-se con­su­mir as fru­tas in­tei­ras pa­ra apro­vei­tar as fi­bras e ou­tros nu­tri­en­tes, mas in­ge­rir o su­co de for­ma es­tra­té­gi­ca tam­bém tra­rá be­ne­fí­ci­os à saúde. Res­sal­tan­do que o cor­re­to é pro­cu­rar um pro­fis­si­o­nal pa­ra a ela­bo­ra­ção de um pla­no ali­men­tar que con­diz com su­as ne­ces­si­da­des”.

Mais in­for­ma­ções: www.xan­do.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.