Ali­men­ta­ção pa­ra trei­nar

Malu - - Com Tapioca! -

Vo­cê sa­bia que a ta­pi­o­ca é um com­ple­men­to mais que ide­al pa­ra os pra­ti­can­tes de ati­vi­da­de fí­si­ca, po­den­do ser con­su­mi­da an­tes e de­pois do trei­no? Prá­ti­ca e fá­cil de fa­zer, é uma óti­ma fon­te de ener­gia, fa­tor que in­flu­en­cia no de­sem­pe­nho e na re­cu­pe­ra­ção do or­ga­nis­mo.

Tem que fa­zer di­e­ta!

Se­gun­do a nu­tri­ci­o­nis­ta Ka­ri­na Bar­ros, a prá­ti­ca de exer­cí­ci­os fí­si­cos sem uma re­fei­ção equi­li­bra­da po­de ser pre­ju­di­ci­al. “Fa­zer qual­quer ti­po de ati­vi­da­de fí­si­ca sem man­ter uma ali­men­ta­ção cor­re­ta, além de po­der cau­sar hi­po­gli­ce­mia e ou­tros sin­to­mas de­sa­gra­dá­veis,

po­de atra­pa­lhar na ho­ra de atin­gir os ob­je­ti­vos clí­ni­cos,” afir­ma.

Pré-trei­no

An­tes dos exer­cí­ci­os, a ta­pi­o­ca é uma boa op­ção de­vi­do a sua quan­ti­da­de de car­boi­dra­tos, o que tor­na o ali­men­to uma fon­te de ener­gia. Se­gun­do a nu­tri­ci­o­nis­ta Christiane Ber­ga­mas­co, o in­di­ca­do é con­su­mir a ta­pi­o­ca 30 mi­nu­tos an­tes dos exer­cí­ci­os, com­bi­nan­do com uma pro­teí­na, co­mo cre­me de ri­co­ta, quei­jo bran­co ma­gro, atum ou ovo. Já a quan­ti­da­de va­ria de acor­do com o ob­je­ti­vo do trei­no. Se a ati­vi­da­de fí­si­ca for mais in- ten­sa, a nu­tri­ci­o­nis­ta re­co­men­ta acres­cen­tar à mas­sa da ta­pi­o­ca uma fon­te de fi­bras, co­mo se­men­tes de chia, li­nha­ça ou aveia pa­ra pro­lon­gar o for­ne­ci­men­to de ener­gia e di­mi­nuir o ín­di­ce gli­cê­mi­co.

Pós-trei­no

De­pois do trei­no, a ta­pi­o­ca é ide­al pa­ra re­por a ener­gia após a prá­ti­ca de exer­cí­ci­os. “No pós­trei­no, não há ne­ces­si­da­de de adi­ci­o­nar a fi­bra, já que o cor­po, após o exer­cí­cio, pre­ci­sa da ab­sor­ção mais rá­pi­da de gli­co­se pa­ra re­por a ener­gia per­di­da”, ex­pli­ca Carolina Fa­va­ron, nu­tri­ci­o­nis­ta da 5o Glú­ten Free. Mas é pre­ci­so ter cui­da­do, pois ela pos­sui al­to ín­di­ce gli­cê­mi­co, sen­do pe­ri­go­sa pa­ra di­a­bé­ti­cos e quem quer per­der pe­so.

Ou­tros ali­a­dos

Além da ta­pi­o­ca, ou­tros ali­men­tos tam­bém au­xi­li­am o or­ga­nis­mo na ho­ra do exer­cí­cio fí­si­co e do ga­nho de mas­sa mus­cu­lar. Con­fi­ra al­guns de­les:

Ovo: fon­te de pro­teí­nas, gor­du­ras bo­as e vi­ta­mi­nas.

Le­gu­mi­no­sas: são ri­cas em fer­ro, pro­teí­nas ve­ge­tais, mag­né­sio e vi­ta­mi­nas do com­ple­xo B, além de car­boi­dra­tos com­ple­xos e fi­bras.

Cas­ta­nhas: apre­sen­tam mag­né­sio, zinco, gor­du­ras bo­as e ami­noá­ci­do ar­gi­ni­na.

Ca­cau: é an­ti­o­xi­dan­te, aju­dan­do no com­ba­te aos ra­di­cais li­vres ge­ra­dos du­ran­te o trei­no.

Ba­ta­ta-do­ce e inha­me: são car­boi­dra­tos do bem, que pos­su­em ín­di­ce gli­cê­mi­co mais bai­xo.

Be­ter­ra­ba e me­lan­cia: são fon­tes de subs­tân­ci­as que au­men­tam a pro­du­ção de óxi­do ní­tri­co e são va­so­di­la­ta­do­ras.

Aba­ca­te: pos­sui ação an­ti-in­fla­ma­tó­ria e é fon­te de vi­ta­mi­nas Ae E, além de po­tás­sio, ex­ce­len­te pa­ra a re­cu­pe­ra­ção pós-trei­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.