Más­ca­ras ca­sei­ras

Malu - - Fácil De Fazer! -

Qu­er dar um jei­to nas ma­dei­xas, hi­dra­tar o ca­be­lo, aca­bar com o frizz, mas es­tá sem tem­po e com pou­ca gra­na? Con­fi­ra al­gu­mas re­cei­tas de hi­dra­ta­ção ca­sei­ra que dão re­sul­ta­do em pou­cos mi­nu­tos, são fá­ceis de fa­zer e não pe­sam no bol­so. Quem en­si­na é o mé­di­co tri­co­lo­gis­ta João Ga­bri­el Nu­nes.

Ca­be­los ole­o­sos

“Re­cei­tas ca­sei­ras com su­co de li­mão cos­tu­mam ser bem efi­ca­zes para equi­li­brar a ole­o­si­da­de, pois os áci­dos da fru­ta re­mo­vem bem o se­bo do cou­ro ca­be­lu­do. Uma re­cei­ta le­gal é a de cre­me de ma­çã, que é ne­ces­sá­rio 1/2 li­mão, 1 ma­çã in­tei­ra e 1/2 co­po de água mi­ne­ral.

Co­mo usar: mis­tu­re to­dos os in­gre­di­en­tes e tri­tu­re-os jun­tos em um li­qui­di­fi­ca­dor. Após for­mar um cre­me com tex­tu­ra pas­to­sa, pas­se por to­da a ex­ten­são do cou­ro ca­be­lu­do. Dei­xe agir por apro­xi­ma­da­men­te 15 mi­nu­tos e, após es­se tem­po, la­ve os ca­be­los nor­mal­men­te. Es­se pro­ce­di­men­to de­ve ser re­a­li­za­do so­men­te uma vez por se­ma­na.

Ca­be­los se­cos

O vi­na­gre de ma­çã, quan­do apli­ca­do cor­re­ta­men­te, além de hi­dra­tar e dar bri­lho para o ca­be­lo quan­do es­tão se­cos e res­se­ca­dos, é ca­paz de re­du­zir pon­tas du­plas e aju­dar nos tra­ta­men­tos con­tra cas­pas e der­ma­ti­tes. O vi­na­gre ain­da aju­da na di­ges­tão da pro­teí­na e, por dei­xar o cou­ro ca­be­lu­do sau­dá­vel, de­vi­do aos seus be­ne­fí­ci­os, au­xi­lia tam­bém no cres­ci­men­to dos fi­os. Lem­bran­do que para a apli­ca­ção de ali­men­tos, uma aná­li­se pré­via fei­ta por um es­pe­ci­a­lis­ta é sem­pre ne­ces­sá­ria, pois o uso ex­ces­si­vo do vi­na­gre po­de ser pre­ju­di­ci­al.

Co­mo usar: de­pois de la­var os ca­be­los (cer­ti­fi­que-se de que es­tá bem lim­po mes­mo), mis­tu­re 1 co­lher (so­pa) de vi­na­gre de ma­çã no con­di­ci­o­na­dor (usan­do sem­pre a qu­an­ti­da­de ne­ces­sá­ria para o com­pri­men­to dos fi­os). Mas­sa­geie a mis­tu­ra nos ca­be­los, dei­xe agir du­ran­te três mi­nu­tos e en­xá­gue. Lem­bran­do que a qu­an­ti­da­de de vi­na­gre de­ve ser me­nor do que a do con­di­ci­o­na­dor.

Ca­be­los tin­gi­dos

Ca­be­los tin­gi­dos ten­dem a res­se­car mais por cau­sa da tin­tu­ra. Para não per­der a cor tão rá­pi­do e con­se­guir man­ter os fi­os sem­pre bri­lho­sos e se­do­sos, uma más­ca­ra fá­cil, clás­si­ca e que dá um óti­mo re­sul­ta­do é a de mai­o­ne­se. Por cau­sa dos óle­os ve­ge­tais e an­ti­o­xi­dan­tes em sua com­po­si­ção, o in­gre­di­en­te po­de ser con­si­de­ra­do a hi­dra­ta­ção ide­al após pro­ce­di­men­tos quí­mi­cos.

Co­mo usar: apli­car cer­ca de 1/2 xí­ca­ra (chá) de mai­o­ne­se da raiz às pon­tas (usan­do sem­pre a qu­an­ti­da­de ne­ces­sá­ria para o com­pri­men­to dos fi­os). Após a apli­ca­ção, cu­bra os ca­be­los com uma to­a­lha para ume­de­cer bem e man­te­nha des­sa for­ma por apro­xi­ma­da­men­te 15 mi­nu­tos. Após o pe­río­do, é ne­ces­sá­rio um en­xá­gue bem fei­to com água mor­na. Para fi­na­li­zar, pas­se um pou­co de água fria nos fi­os, pas­so im­por­tan­te para fe­char os fo­lí­cu­los. Es­se pro­ce­di­men­to de­ve ser re­a­li­za­do so­men­te uma vez por se­ma­na.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.