BO­AS NOVIDADES E VELHOS VÍCIOS

Sem mu­dan­ças no mo­tor, mas com câm­bio atu­a­li­za­do e re­for­ço na se­gu­ran­ça, no­vos Re­nault Lo­gan e San­de­ro che­gam ao mer­ca­do

Metro Brazil (ABC) - - MOTOR -

A Re­nault lan­çou o no­vo San­de­ro 2020 e o no­vo Lo­gan 2020: os dois mo­de­los pas­sa­ram por re­es­ti­li­za­ções. En­quan­to uma ge­ra­ção com­ple­ta­men­te no­va não che­ga, a so­lu­ção foi con­ci­li­ar dis­cre­ta re­no­va­ção a aper­fei­ço­a­men­tos ne­ces­sá­ri­os.

O San­de­ro é o pro­du­to mais im­por­tan­te pa­ra a Re­nault no Bra­sil, por um mo­ti­vo sim­ples: tra­ta-se do au­to­mó­vel que a mar­ca fran­ce­sa mais ven­de por aqui. Des­de o lan­ça­men­to, em 2007, mais de 800 mil uni­da­des fo­ram fa­bri­ca­das.

Por fo­ra, há no­va gra­de, pa­ra-cho­que fron­tal e fa­róis tan­to nos dois mo­de­los. Só o San­de­ro, po­rém, ga­nhou no­vas lan­ter­nas, que se es­ten­dem pe­la tam­pa do por­ta-ma­las.

Ou­tras du­as novidades im­por­tan­tes são o câm­bio au­to­má­ti­co CVT e os air­bags la­te­rais em to­das as ver­sões do hat­ch e do se­dã.

Com es­sa no­va op­ção de trans­mis­são, a sus­pen­são é sem­pre ele­va­da em 40 mm. Tra­ta-se da mes­ma al­tu­ra do so­lo da ver­são Stepway, que ga­nhou sta­tus de mo­de­lo pró­prio e pas­sa a ser ven­di­do em três ver­sões.

Im­pres­sões

Ao vi­vo, as mu­dan­ças es­té­ti­cas pa­re­cem ter fei­to bem ao San­de­ro e ao Lo­gan. As no­vas lan­ter­nas tra­sei­ras do hat­ch não fa­zem feio. O se­dã, con­tu­do, trans­mi­te cer­ta es­tra­nhe­za. Tal­vez se­ja pe­la fal­ta de cos­tu­me com veí­cu­los des­se ti­po.

Por den­tro, há bo­as novidades, en­tre as quais um vo­lan­te com me­lhor em­pu­nha­du­ra e te­clas dos vi­dros elétricos em po­si­ção mais er­gonô­mi­ca: ago­ra, elas vêm sem­pre nas por­tas. O pai­nel ga­nhou termô­me­tro do fluí­do de ar­re­fe­ci­men­to e cen­tral mul­ti­mí­dia atu­a­li­za­da. O sis­te­ma de in­fo­tain­ment in­cor­po­rou te­la ca­pa­ci­ti­va e in­te­gra­ção com Wa­ze e Go­o­gle Maps.

Pro­ble­mas an­ti­gos

Po­rém, a Re­nault pou­co me­lho­rou um dos mai­o­res pon­tos fra­cos do Lo­gan e do San­de­ro: o aca­ba­men­to con­ti­nua sim­pló­rio. Os plás­ti­cos de re­ves­ti­men­to, além de rí­gi­dos, são um tan­to ás­pe­ros e sen­sí­veis a ris­cos.

É ver­da­de que as por­tas di­an­tei­ras pas­sa­ram a vir com apoi­os de bra­ço es­to­fa­dos em cour­vin ou te­ci­do, de­pen­den­do da ver­são. Es­sa área ma­cia, to­da­via, além, de ser pe­que­na, não foi in­cluí­da nas por­tas tra­sei­ras. E os ban­cos, ape­sar de exi­bi­rem no­vos for­ma­tos e re­ves­ti­men­tos, na prá­ti­ca ain­da não apoi­am bem o cor­po.

Por fim, a Re­nault per­deu a opor­tu­ni­da­de de ado­tar um sis­te­ma de par­ti­da a frio mais atu­al. Is­so por­que o ul­tra­pas­sa­do tan­qui­nho au­xi­li­ar de ga­so­li­na foi man­ti­do em to­das as mo­to­ri­za­ções.

Ao vo­lan­te

O Au­toPa­po ex­pe­ri­men­tou a no­va op­ção de trans­mis­são CVT em um Lo­gan Ico­nic e em um San­de­ro… Aliás, Stepway Ico­nic. A im­pres­são foi boa, com cai­xa de mar­chas e mo­tor apa­ren­te­men­te bem-ca­sa­dos.

En­quan­to a an­ti­ga trans­mis­são Easy’R da­va tran­cos ao tro­car as mar­chas, a no­va é su­a­ve e res­pon­de rá­pi­do às ace­le­ra­ções. O pro

ble­ma ago­ra é opos­to: o fun­ci­o­na­men­to é mo­nó­to­no, tí­pi­co dos sis­te­mas CVT.

Pa­ra ten­tar que­brar um pou­co a mo­no­to­nia, o câm­bio si­mu­la seis mar­chas. É até pos­sí­vel tro­cá-las se­quen­ci­al­men­te, mas ape­nas por meio de to­ques na ala­van­ca, pois não há bor­bo­le­tas no vo­lan­te.

De qu­e­bra, du­ran­te o test dri­ve, foi pos­sí­vel ava­li­ar o com­por­ta­men­to da sus­pen­são ele­va­da, atre­la­da ao câm­bio CVT. O sis­te­ma fil­tra bem as im­per­fei­ções do so­lo e man­tém os veí­cu­los li­vres de cho­ques con­tra o so­lo.

Por ou­tro la­do, a gran­de al­tu­ra li­vre faz com que a car­ro­ce­ria os­ci­le em cur­vas. No Lo­gan, pro­va­vel­men­te por cau­sa do mai­or ba­lan­ço tra­sei­ro, es­sa ca­rac­te­rís­ti­ca é até mais no­ta­da que no San­de­ro… Di­go, Stepway.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.