Ro­ber­to Le­al morre aos 67 anos

Can­tor por­tu­guês lu­ta­va con­tra cân­cer de pe­le há dois anos

Metro Brasil (ABC) - - PRIMEIRA PÁGINA -

“Ro­ber­to foi o pri­mei­ro gran­de ído­lo po­pu­lar por­tu­guês no Bra­sil. Trou­xe a po­pu­la­ri­da­de do imi­gran­te. Era o em­bai­xa­dor da cultura po­pu­lar portuguesa.”

FAFÁ DE BE­LÉM

“Com tris­te­za re­gis­tro o fa­le­ci­men­to do meu que­ri­do ami­go Ro­ber­to Le­al. Meus sen­ti­men­tos a to­da fa­mí­lia.”

GUGU LIBERATO

“Foi a des­co­ber­ta de Por­tu­gal. Ele trou­xe es­sa mú­si­ca po­pu­lar e ale­gria.”

MI­GUEL FALABELA

O can­tor por­tu­guês Ro­ber­to Le­al, 67 anos, mor­reu na ma­dru­ga­da de on­tem em São Pau­lo.

O ar­tis­ta se tra­ta­va de um cân­cer de pe­le ha­via dois anos e mor­reu em de­cor­rên­cia da do­en­ça. Ele es­ta­va in­ter­na­do des­de o dia 10 no Hos­pi­tal Sa­ma­ri­ta­no (cen­tro de SP).

“Um me­la­no­ma ma­lig­no evo­luiu, atin­gin­do o fí­ga­do, cau­san­do sín­dro­me de In­su­fi­ci­ên­cia he­pa­tor­re­nal”, diz no­ta da as­ses­so­ria do can­tor.

Seu no­me re­al era António Jo­a­quim Fer­nan­des. Ele nas­ceu na fre­gue­sia de Ma­ce­do de Ca­va­lei­ros, ci­da­de que per­ten­ce ao Dis­tri­to de Bra­gan­ça, em Por­tu­gal, em 27 de no­vem­bro de 1951.

No Bra­sil des­de 1962, com 11 anos, Le­al fi­cou fa­mo­so em 1971 com o lan­ça­men­to da mú­si­ca “Ar­re­bi­ta”, que ti­nha o re­frão: “Ai, ca­cho­pa, se tu que­res ser bonita, ar­re­bi­ta, ar­re­bi­ta, ar­re­bi­ta”.

Em en­tre­vis­ta à jornalista Ve­rus­ka Bo­e­chat, exi­bi­da no úl­ti­mo dia 6 no pro­gra­ma “Aqui na Band”, o ar­tis­ta dis­se que seu pro­fes­sor de can­to su­ge­riu o no­me ar­tís­ti­co: Ro­ber­to, pois acre­di­ta­va que ele se­ria o “Ro­ber­to Car­los” dos por­tu­gue­ses, e Le­al, de sua le­al­da­de.

Tor­ce­dor ilus­tre da Portuguesa, Le­al foi um dos au­to­res do no­vo hi­no do clu­be e, em 2015, aju­dou o time, que vi­ve uma pro­lon­ga­da cri­se fi­nan­cei­ra, a con­se­guir um no­vo pa­tro­ci­na­dor.

O ve­ló­rio do can­tor se­rá aber­to ao pú­bli­co, ho­je, das 7h às 14h, na Ca­sa de Por­tu­gal (ave­ni­da da Li­ber­da­de, 602, Li­ber­da­de, São Pau­lo).

Seu en­ter­ro es­tá marcado pa­ra ser re­a­li­za­do às 15h, no Ce­mi­té­rio de Con­go­nhas, na zo­na sul da ca­pi­tal.

| LEVI BIANCO / BRAZIL PHO­TO PRESS/FOLHAPRESS

O can­tor Ro­ber­to Le­al em 2015

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.