Câm­bio. Dó­lar fecha a R$ 4,16 com cor­te de ju­ros

Metro Brasil (ABC) - - ECONOMIA -

A de­ci­são de Ban­co Cen­tral de re­du­zir a ta­xa Se­lic e si­na­li­zar no­vos cor­tes pela fren­te, o que po­de­ria le­var os ju­ros bá­si­cos da eco­no­mia pa­ra abai­xo de 5% a.a., fez o re­al ser a mo­e­da com pi­or de­sem­pe­nho on­tem em re­la­ção à di­vi­sa nor­te-ame­ri­ca­na, con­si­de­ran­do uma ces­ta de 34 mo­e­das.

No mer­ca­do à vis­ta, o dó­lar fe­chou co­ta­do a R$ 4,164, o mai­or ní­vel des­de o dia 3 deste mês ( R$ 4,179). No câm­bio tu­ris­mo, a mo­e­da em es­pé­cie era ven­di­da a R$ 4,37 em ca­sas de câm­bio de São Pau­lo.

O cor­te das taxas em rit­mo mais in­ten­so que em ou­tros paí­ses dei­xa o Bra­sil menos atra­ti­vo pa­ra in­ves­ti­do­res in­ter­na­ci­o­nais, por is­so o de­sem­pe­nho pi­or aqui na com­pa­ra­ção com ou­tros emer­gen­tes, com ope­ra­do­res re­la­tan­do saí­da de ca­pi­tal ex­ter­no.

Pa­ra pres­si­o­nar ain­da mais o câm­bio, a ques­tão co­mer­ci­al en­tre EUA e a Chi­na vol­tou a ga­nhar des­ta­que, com no­tí­ci­as de dis­po­si­ção da Ca­sa Bran­ca de ado­tar mais ta­ri­fas so­bre pro­du­tos chi­ne­ses.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.