Trump con­fir­ma mor­te de che­fe do Es­ta­do Is­lâ­mi­co

Re­pu­bli­ca­no afir­ma que Abu Bark alBagh­da­di foi sur­pre­en­di­do em ope­ra­ção mi­li­tar dos EUA no nor­te da Sí­ria

Metro Brazil (ABC) - - PRIMEIRA PÁGINA -

O pre­si­den­te dos EUA, Do­nald Trump, con­fir­mou on­tem a mor­te do che­fe do EI (Es­ta­do Is­lâ­mi­co), Abu Bakr al-Baghdadi. Em pro­nun­ci­a­men­to na Ca­sa Bran­ca, o re­pu­bli­ca­no afir­mou que o lí­der is­lâ­mi­co mor­reu du­ran­te uma ope­ra­ção mi­li­tar nor­te-ame­ri­ca­na em Idlib, no nor­te da Sí­ria.

O ter­ro­ris­ta lu­tou em um breve con­fron­to com sol­da­dos nor­te-ame­ri­ca­nos e en­trou em um bun­ker on­de se es­con­dia. Em se­gui­da, o lí­der do Es­ta­do Is­lâ­mi­co de­to­nou um co­le­te ex­plo­si­vo, co­me­ten­do sui­cí­dio.

Al-Baghdadi, que che­ga­ra ao lo­cal 48 ho­ras an­tes, foi sur­pre­en­di­do por fo­gue­tes da co­a­li­zão in­ter­na­ci­o­nal en­quan­to es­ta­va em Idlib com al­guns fa­mi­li­a­res, que tam­bém mor­re­ram nas ex­plo­sões.

Des­de 2014, com a as­cen­são do Es­ta­do Is­lâ­mi­co, o ter­ro­ris­ta foi da­do como mor­to em vá­ri­as oca­siões. Nas re­des so­ci­ais, apoi­a­do­res do gru­po es­tão en­co­ra­jan­do jiha­dis­tas do mun­do to­do a con­ti­nu­a­rem a “luta”, re­fe­rin­do-se ao lí­der como “már­tir da guer­ra san­ta”.

| REPRODUÇÃO

Abu Bakr al-Baghdadi: mor­re ‘már­tir da guer­ra san­ta’

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.