RE­TA FI­NAL

A pou­cos di­as das pro­vas, a di­ca é de­sa­ce­le­rar, mas ain­da há tem­po pa­ra uma re­vi­são

Metro Brazil (ABC) - - EDUCAÇÃO -

O pri­mei­ro dia de pro­va do Enem ( Exa­me Na­ci­o­nal do En­si­no Mé­dio) é nes­te do­min­go, dia 3 e a pró­xi­ma pro­va, no do­min­go que vem, dia 10. Se es­ti­ver em dú­vi­da so­bre o que fa­zer nes­se pou­co tem­po que res­ta, sai­ba que ain­da dá tem­po de uma boa re­vi­são, ga­ran­tem especialis­tas.

Uma di­ca im­por­tan­te: ano­te tu­do que fun­ci­o­nou no pri­mei­ro dia do exa­me que se­ja pos­sí­vel uti­li­zar no­va­men­te na úl­ti­ma eta­pa, re­co­men­da Edu­ar­do Val­la­da­res, es­pe­ci­a­lis­ta em cur­sos pre­pa­ra­tó­ri­os on-line. “O lo­cal on­de sen­tou na sa­la, a ho­ra que saiu de ca­sa, o que co­meu na vés­pe­ra an­tes de ir pa­ra a pro­va e na ho­ra da pro­va. To­dos os de­ta­lhes fa­zem diferença ao fi­nal”, res­sal­ta.

As du­as pro­vas abran­gem áre­as di­fe­ren­tes. No pri­mei­ro do­min­go, se­rá por­tu­guês, ci­ên­ci­as hu­ma­nas e re­da­ção; no ou­tro, ci­ên­ci­as exa­tas e da na­tu­re­za. Por is­so é im­por­tan­te fo­co e es­tra­té­gia de­fi­ni­da, ori­en­ta Val­la­da­res. “Aten­te-se pa­ra a for­ma de con­du­zir a pro­va, fa­ça por úl­ti­mo as mais di­fí­ceis e de­mo­ra­das pa­ra não des­per­di­çar pon­tos nas mais fá­ceis”, lem­bra o es­pe­ci­a­lis­ta.

Ain­da vai es­tu­dar? Na­da de es­tres­se. Afi­nal, não dá pa­ra re­ver tu­do. Por is­so, a re­gra ago­ra é pri­o­ri­zar, afir­ma Vi­ni­cius de Car­va­lho Hai­dar, es­pe­ci­a­lis­ta em cur­sos pre­pa­ra­tó­ri­os pa­ra o Enem e ou­tros ves­ti­bu­la­res. “Re­vi­se as ma­té­ri­as que tem mais di­fi­cul­da­de, so­bre­tu­do os con­teú­dos que, de fa­to, te­nham al­ta in­ci­dên­cia na pro­va”, diz.

Uma ma­nei­ra prá­ti­ca de fa­zer is­so é uti­li­zar as pro­vas dos dois úl­ti­mos anos. “Er­ros ou di­fi­cul­da­de se­rão in­dí­ci­os de que pre­ci­sa re­vi­são”, su­ge­re Hai­dar. Ou­tra van­ta­gem des­se ca­mi­nho, se­gun­do ele, é do es­tu­dan­te se ha­bi­tu­ar ao for­ma­to do exa­me. “Co­mo são as ques­tões, tem­po mé­dio de res­pos­tas, quan­ti­da­de e so­bre­tu­do o for­ma­to das per­gun­tas.”

O Enem é co­nhe­ci­do por con­tex­tu­a­li­zar as ques­tões, mes­mo que se tra­te de uma con­ta ou de uma fór­mu­la de quí­mi­ca. “E is­so é bom por­que aju­da quem sa­be me­nos a en­con­trar uma res­pos­ta”, co­men­ta.

O si­te do Des­com­pli­ca (des­com­pli­ca.com.br) for­ne­ce gra­tui­ta­men­te links pa­ra as pro­vas re­sol­vi­das do Enem com jus­ti­fi­ca­ti­va do ga­ba­ri­to e co­men­tá­ri­os so­bre al­ter­na­ti­vas er­ra­das.

ME­TRO

Não exa­ge­re nos es­tu­dos na se­ma­na an­te­ri­or ao se­gun­do dia de exa­me

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.