Va­le omi­tiu fa­lha an­tes de tra­gé­dia em Bru­ma­di­nho

Re­la­tó­rio mos­tra que em­pre­sa não re­ve­lou pro­ble­mas na bar­ra­gem que se rom­peu ma­tan­do 270

Metro Brazil (ABC) - - PRIMEIRA PÁGINA - PE­DRO NAS­CI­MEN­TO ME­TRO BE­LO HO­RI­ZON­TE

O re­la­tó­rio fi­nal da ANM (Agên­cia Na­ci­o­nal de Mi­ne­ra­ção) so­bre o rom­pi­men­to da bar­ra­gem da Va­le em Bru­ma­di­nho ( MG), apon­ta que a em­pre­sa omi­tiu in­for­ma­ções so­bre a se­gu­ran­ça da es­tru­tu­ra, o que po­de­ria ter evi­ta­do o de­sas­tre ocor­ri­do em ja­nei­ro des­te ano. O rom­pi­men­to ma­tou 270 pes­so­as e cau­sou gran­de des­trui­ção am­bi­en­tal, pro­vo­ca­da pe­lo der­ra­ma­men­to dos re­jei­tos de mi­né­rio de­po­si­ta­dos na bar­ra­gem.

Se­gun­do o pa­re­cer téc­ni­co apre­sen­ta­do, hou­ve in­con­sis­tên­ci­as en­tre o que foi ofi­ci­al­men­te re­la­ta­do à agên­cia, o que os téc­ni­cos da pró­pria Va­le co­lo­ca­ram em do­cu­men­tos de vis­to­ria de cam­po e, pos­te­ri­or­men­te, no sis­te­ma da em­pre­sa.

“Quan­do são de­tec­ta­das si­tu­a­ções de com­pro­me­ti­men­to da se­gu­ran­ça da bar­ra­gem, ime­di­a­ta­men­te o em­pre­en­de­dor de­ve dar iní­cio às ins­pe­ções es­pe­ci­ais pa­ra o mo­ni­to­ra­men­to e con­tro­le das ano­ma­li­as. De ime­di­a­to, a ANM en­via téc­ni­cos pa­ra o lo­cal on­de po­dem ser fei­tas exi­gên­ci­as, no­ti­fi­ca­ções e até in­ter­di­tar a es­tru­tu­ra a fim de au­men­tar o ní­vel de se­gu­ran­ça. Bar­ra­gens em Ma­to Gros­so, Ama­pá, Pa­rá e Ama­zo­nas são exem­plos de su­ces­so nes­tes ca­sos”, ex­pli­cou o di­re­tor da ANM, Edu­ar­do Leão.

Prin­ci­pais in­con­sis­tên­ci­as

En­tre as dis­cre­pân­ci­as, téc­ni­cos da ANM in­di­cam que “al­gu­mas in­for­ma­ções im­por­tan­tes que cons­ta­vam no sis­te­ma in­ter­no e nas fi­chas de ins­pe­ção em cam­po da Va­le não eram as mes­mas in­se­ri­das no SIGBM [Sis­te­ma In­te­gra­do de Ges­tão de Se­gu­ran­ça de Bar­ra­gens de Mi­ne­ra­ção], o que im­pe­diu que o sis­te­ma aler­tas­se os téc­ni­cos de si­tu­a­ção com po­ten­ci­al com­pro­me­ti­men­to da se­gu­ran­ça da es­tru­tu­ra”.

A Va­le dei­xou de re­por­tar à ANM que o ra­dar que me­de as mo­vi­men­ta­ções cen­ti­mé­tri­cas do ta­lu­de cap­tu­rou lei­tu­ras fo­ra do pa­drão em ju­nho e de­zem­bro de 2018.

Ou­tra dis­cre­pân­cia es­tá no pe­núl­ti­mo re­por­te à ANM fei­to pe­la Va­le an­tes do rom­pi­men­to, pro­du­zi­do no dia 8 de ja­nei­ro, mas en­vi­a­do no dia 30 – cin­co di­as após o rom­pi­men­to. No do­cu­men­to, ain­da cons­ta­va que a bar­ra­gem não pos­suía ne­nhu­ma ano­ma­lia, po­rém, no dia 15 de fe­ve­rei­ro, a mi­ne­ra­do­ra en­tre­gou no­vo re­por­te de uma vis­to­ria re­a­li­za­da no dia 22 de ja­nei­ro em que to­das as ir­re­gu­la­ri­da­des fo­ram de­ta­lha­das.

“O sis­te­ma fun­ci­o­na com ba­se em fis­ca­li­za­ção res­pon­si­va, on­de o em­pre­en­de­dor tem a obri­ga­ção de fa­zer o re­por­te sem­pre de for­ma idô­nea e cla­ra pa­ra a ANM. São com es­sas in­for­ma­ções que o sis­te­ma in­te­li­gen­te tra­ba­lha e aci­o­na to­dos os me­ca­nis­mos pa­ra mi­ti­gar os pro­ble­mas e evi­tar de­sas­tres ter­rí­veis co­mo o de Bru­ma­di­nho”, afir­mou Leão.

Por con­ta do de­sas­tre, a ANM emi­tiu 24 au­tu­a­ções à Va­le e vai en­ca­mi­nhar o re­la­tó­rio pa­ra Po­lí­cia Fe­de­ral, CGU (Con­tro­la­do­ria-Ge­ral da União), TCU (Tri­bu­nal de Con­tas da União) e MPF (Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral).

| EDU­AR­DO ANI­ZEL­LI/ FO­LHA­PRESS

De­sas­tre des­truiu até li­nha fér­rea em Bru­ma­di­nho

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.