Mo­ra­dor pa­ga R$ 307 ao ano por ve­re­a­dor em SCS

Le­van­ta­men­to do Tri­bu­nal de Con­tas do es­ta­do re­ve­la que ci­da­de do ABC es­tá en­tre as que mais gas­ta com o Le­gis­la­ti­vo na re­la­ção com o nú­me­ro de ha­bi­tan­tes. São Ber­nar­do tam­bém se des­ta­ca en­tre as Câ­ma­ras mais ca­ras

Metro Brazil (ABC) - - PRIMEIRA PÁGINA - VA­NES­SA SELICANI

O TCE-SP (Tri­bu­nal de Con­tas do Es­ta­do de São Pau­lo) lan­çou on­tem o Ma­pa das Câ­ma­ras, fer­ra­men­ta di­gi­tal em que os mo­ra­do­res po­dem acom­pa­nhar os gas­tos dos ve­re­a­do­res e o cus­to dis­so pa­ra os co­fres pú­bli­cos.

O ma­pe­a­men­to tem da­dos de 644 ci­da­des, com ex­ce­ção da ca­pi­tal, que pos­sui seu pró­prio Tri­bu­nal de Con­tas. Os da­dos di­vul­ga­dos on­tem, re­fe­ren­tes ao pe­río­do de se­tem­bro de 2018 e agos­to de 2019, mos­tram que os ve­re­a­do­res de São Ca­e­ta­no fo­ram os mais “ca­ros” no pe­río­do. Ca­da um dos 19 par­la­men­ta­res cus­tou R$ 2,59 mi­lhões, o ter­cei­ro mai­or va­lor en­tre as ci­da­des ana­li­sa­das.

Quan­do a com­pa­ra­ção é em re­la­ção a qu­an­to cus­ta os re­pre­sen­tan­tes aos mo­ra­do­res, le­van­do em con­ta o ta­ma­nho da po­pu­la­ção, São Ca­e­ta­no tam­bém se des­ta­ca ne­ga­ti­va­men­te. O gas­to per ca­pi­ta é de R$ 307. Com po­pu­la­ção mai­or, o va­lor em San­to An­dré é de R$ 65 e em São Ber­nar­do, R$ 73. (Ve­ja os da­dos na ta­be­la ao la­do)

São Ca­e­ta­no tem 161 mil mo­ra­do­res e to­tal de 19 ve­re­a­do­res. Já San­to An­dré tem 718 mil e 21 par­la­men­ta­res e São Ber­nar­do, 765 mil e 28.

São Ber­nar­do tam­bém apa­re­ce no ran­king do TCE-SP. A Câ­ma­ra da ci­da­de é a ter­cei­ra em gas­to to­tal (R$ 49 mi­lhões), atrás ape­nas de Cam­pi­nas e Gu­a­ru­lhos. Os mo­ra­do­res po­dem acom­pa­nhar o Ma­pa das Câ­ma­ras no si­te www.tce.sp.gov.br/ca­ma­ras­mu­ni­ci­pais.

Cor­tes

A Câ­ma­ra de São Ca­e­ta­no afir­ma que vem tra­ba­lhan­do pa­ra re­du­zir seus gas­tos. O ór­gão dis­se ao Me­tro Jor­nal que des­de 2017 cor­tou o nú­me­ro de as­ses­so­res, de­vol­veu 10 veí­cu­los pa­ra a pre­fei­tu­ra e cri­ou co­mis­são de re­du­ção de gas­tos de va­lo­res con­tra­tu­ais.

O Le­gis­la­ti­vo des­ta­ca, ain­da, que a ci­da­de tem Or­ça­men­to al­to, ape­sar de nú­me­ro bai­xo de ha­bi­tan­tes. Por lei, a pre­fei­tu­ra pre­ci­sa des­ti­nar 6% do va­lor pa­ra o Le­gis­la­ti­vo. “Ao se fa­zer a di­vi­são, com o va­lor apon­ta­do pe­lo TCE-SP em seu Ma­pa das Câ­ma­ras, o va­lor do gas­to per ca­pi­ta aca­ba sen­do ele­va­do”, dis­se em no­ta.

A Câ­ma­ra de San­to An­dré afir­mou tam­bém es­tar fo­ca­da em cor­tar cus­tos com me­di­das co­mo re­du­ção de ho­ras ex­tras e do nú­me­ro de as­ses­so­res. “De acor­do com a Cons­ti­tui­ção Fe­de­ral, a Câ­ma­ra já po­de­ria ter au­men­ta­do o nú­me­ro de ve­re­a­do­res, de 21 pa­ra 27. No en­tan­to, fren­te ao ce­ná­rio econô­mi­co, não ape­nas man­ti­ve­mos es­se nú­me­ro co­mo não con­ce­de­mos au­men­to de sa­lá­rio aos ve­re­a­do­res.”

A Câ­ma­ra de São Ber­nar­do não se pro­nun­ci­ou so­bre seus gas­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.