VIC­TO­RIA DAS LE­TRAS

Re­la­ção com en­tre­ga­do­ra do Me­tro Jor­nal aju­da cri­an­ça com do­en­ça rara a se de­sen­vol­ver

Metro Brasil (ABC) - - PRIMEIRA PÁGINA -

Di­ag­nos­ti­ca­da em 2016 com uma mu­ta­ção ge­né­ti­ca rara cha­ma­da sín­dro­me ADNP (Hels­mo­or­tel-Van Der Aa), So­fia Machado, 5 anos, é uma das 205 pes­so­as re­por­ta­das em to­do o mun­do com a mu­ta­ção.

Ain­da pou­co co­nhe­ci­da e es­tu­da­da, a sín­dro­me po­de afe­tar o de­sen­vol­vi­men­to das cri­an­ças que a têm – 85% tam­bém pos­su­em TEA (Trans­tor­no do Es­pec­tro Au­tis­ta). Mas as di­fi­cul­da­des de apren­di­za­gem cau­sa­das pe­la sín­dro­me e pe­lo au­tis­mo não li­mi­ta­ram a me­ni­na a se in­te­res­sar por le­tras.

No ano pas­sa­do, So­fia ga­nhou um incentivo de de­sen­vol­vi­men­to inu­si­ta­do: o jor­nal. Mais pre­ci­sa­men­te, o Me­tro Jor­nal. Em seu ca­mi­nho pa­ra a es­co­la, So­fia re­ce­beu um exem­plar de uma das en­tre­ga­do­ras da equi­pe de dis­tri­bui­ção, ca­ri­nho­sa­men­te ape­li­da­da pe­la fa­mí­lia de Ca­cau.

Des­de en­tão, pas­sar por aque­le pon­to de en­tre­ga na Vi­la Madalena (zo­na oes­te de SP) e pe­dir o exem­plar do dia tor­nou-se um há­bi­to en­ri­que­ce­dor pa­ra So­fia.

Na es­co­la, se­gun­do Fa­bi­a­ne Machado, mãe de So­fia, o jor­nal cha­mou aten­ção dos co­le­gas. “Quan­do a So­fia che­ga­va com o Me­tro na es­co­la, as cri­an­ças fa­zi­am uma ro­da pa­ra ler com ela. Além de vi­rar um pro­ces­so de in­clu­são de­la com o gru­po, a So­fia co­me­çou a de­sen­vol­ver um vo­ca­bu­lá­rio e se in­te­res­sar mais por le­tras, nú­me­ros e ima­gens”, diz a mãe.

Fa­bi­a­ne tam­bém con­ta que ela e a fi­lha aca­ba­ram fa­zen­do ami­za­de com a en­tre­ga­do­ra Ca­cau e, mes­mo quan­do a co­la­bo­ra­do­ra se des­li­gou das en­tre­gas, avi­sou que So­fia pas­sa­ria pa­ra re­ce­ber o exem­plar.

So­bre o di­ag­nós­ti­co na fa­mí­lia, pre­cur­sor no Bra­sil e Amé­ri­ca La­ti­na, Fa­bi­a­ne con­ta: “Co­me­ça­mos a in­ves­ti­gar so­bre a sín­dro­me por con­ta do atra­so no de­sen­vol­vi­men­to de nos­sa fi­lha. Ela não cho­ra­va e não sor­ria. En­tão con­sul­ta­mos um neu­ro­lo­gis­ta que, por nos­sa sor­te, era um dos pou­cos mé­di­cos na épo­ca que ti­nha fa­mi­li­a­ri­da­de com o exa­me que ma­pe­a­va sín­dro­mes co­mo a da So­fia. Ape­sar do ba­que, agra­de­ce­mos que ago­ra sa­bía­mos o que era.”

Sem cu­ra, a sín­dro­me tem co­mo ba­se te­ra­pi­as ocu­pa­ci­o­nais e in­cen­ti­vos que per­mi­tem que as cri­an­ças evo­lu­am di­a­ri­a­men­te, e, pa­ra a mãe, o Me­tro Jor­nal foi uma de­las.

| AN­DRÉ POR­TO/ME­TRO

So­fia co­me­çou a se in­te­res­sar por le­tras, nú­me­ros e ima­gens ao re­ce­ber to­do dia o exem­plar do Me­tro e le­vá-lo pa­ra a es­co­la

| AN­DRÉ POR­TO/ME­TRO

Fa­bi­a­ne Machado com a fi­lha, So­fia Ferreira To­mé Machado

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.