PARA MUDAR A REALIDADE

Ini­ci­a­ti­va na Vi­la Tor­res pre­pa­ra para o mer­ca­do de tra­ba­lho e no­vos em­pre­en­di­men­tos

Metro Brasil (Curitiba) - - PRIMEIRA PÁGINA -

“Me dá um em­pre­go”, é a fra­se mais es­cu­ta­da por Ge­o­va­na Con­ti, em­pre­en­de­do­ra e fun­da­do­ra da em­pre­sa so­ci­al Youngers (Y), que faz ori­en­ta­ção pro­fis­si­o­nal a pes­so­as de bai­xa ren­da ou em si­tu­a­ção de vul­ne­ra­bi­li­da­de por meio de um cowor­king so­ci­al na Vi­la Tor­res.

O em­pre­go em si ela não tem, mas o pa­pel da Youngers des­de 2014 é jus­ta­men­te es­se: cri­ar uma opor­tu­ni­da­de para quem pre­ci­sa de tra­ba­lho. “Nos­so fo­co é a ge­ra­ção de ren­da, trans­for­mar a vi­da des­sas pes­so­as e cri­ar im­pac­to na ci­da­de. E para ga­nhar di­nhei­ro exis­tem dois jei­tos: ar­ru­mar em­pre­go ou em­pre­en­der”, diz Ge­o­va­na.

Com um mer­ca­do ca­ren­te de va­gas, a saí­da ge­ral­men­te tem si­do tra­ba­lhar por con­ta pró­pria, ain­da mais quan­do o pú­bli­co tem pou­ca ou ne­nhu­ma ex­pe­ri­ên­cia e bai­xa es­co­la­ri­da­de.

Gra­tui­ta­men­te, o cowor­king ofe­re­ce pa­les­tras, cur­sos e men­to­ri­as para que as pes­so­as con­si­gam trans­for­mar al­go que gos­tem ou con­si­gam fa­zer em ren­da. Por ano são 10 tur­mas (de fe­ve­rei­ro a no­vem­bro). “Nos úl­ti­mos 12 me­ses fo­ram 45 ne­gó­ci­os mon­ta­dos e ou­tras 12 pes­so­as con­se­gui­ram em­pre­gos de­cen­tes”, con­ta. De­pois de “for­ma­dos”, os em­pre­en­de­do­res ain­da re­tor­nam para men­to­ri­as se­ma­nais.

As em­prei­ta­das vão des­de bo­lo no po­te, ham­búr­guers e pro­du­tos de lim­pe­za ar­te­sa­nais a ser­vi­ços de be­le­za e cos­tu­ra, que fa­zem o di­nhei­ro cir­cu­lar den­tro da pró­pria co­mu­ni­da­de. “Quem tem em­pre­go fo­ra, aca­ba gas­tan­do aqui, aque­ce a eco­no­mia e já po­de­mos ver ca­sas re­pin­ta­das, gen­te que­ren­do com­prar mó­veis no­vos”, diz Ge­o­va­na.

Ape­sar do fo­co em jo­vens – 70% dos par­ti­ci­pan­tes têm en­tre 18 e 28 anos –, o lo­cal aten­de pes­so­as de to­das as ida­des, in­cluin­do imi­gran­tes. Mui­tos hai­ti­a­nos, ve­ne­zu­e­la­nos, cu­ba­nos e an­go­la­nos tam­bém são en­ca­mi­nha­dos ou pro­cu­ram o lo­cal.

App La­va-Pla­ca

O Youngers de­ve lan­çar até o fim do mês que vem o apli­ca­ti­vo La­va-Pla­ca, que vai ofe­re­cer ser­vi­ço de la­va­gem de pla­cas, tol­dos e se­me­lhan­tes para co­mér­ci­os em to­da Curitiba. Os equi­pa­men­tos de bai­xo cus­to e uni­for­mes se­rão for­ne­ci­dos aos pres­ta­do­res, que an­tes vão pas­sar por uma pré-se­le­ção. “É di­nhei­ro no bol­so. A gen­te fa­la so­bre em­pre­en­de­do­ris­mo sem dei­xar a de la­do a ne­ces­si­da­de da em­pre­ga­bi­li­da­de”, ex­pli­ca Ge­o­va­na. O pro­je­to ven­ceu o Prê­mio Le­ga­do de Em­pre­en­de­do­ris­mo So­ci­al 2019 e vai re­ce­ber um apor­te de R$ 10 mil.

“A ideia é fi­car com 30% de va­lor ar­re­ca­da­do para rein­ves­tir na em­pre­sa so­ci­al. Es­ta­mos aber­tos a ou­tros in­ves­ti­do­res”.

Ho­je

| DIVULGAÇÃO YOUNGERS

Se­de do cowor­king so­ci­al que fun­ci­o­na na vi­la des­de 2014. Ago­ra, apli­ca­ti­vo de­ve am­pli­ar o im­pac­to do tra­ba­lho

| DIVULGAÇÃO/YOUNGERS

Ge­o­va­na Con­ti (blu­sa azul) e seu só­cio Cle­ver Sá (ca­mi­sa xa­drez) com a 8ª tur­ma de em­pre­en­de­do­ris­mo 2019

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.