Ar­gen­ti­na se di­vi­de so­bre vo­ta­ção de lei que li­be­ra o abor­to

Metro Brazil (ABC) - - MUNDO -

A Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos da Ar­gen­ti­na ini­ci­ou às 11h de on­tem uma dis­pu­ta­da dis­cus­são so­bre a li­be­ra­ção do abor­to em qual­quer cir­cuns­tân­cia até a 14a se­ma­na de ges­ta­ção. A pre­vi­são era de que o te­ma fos­se vo­ta­do du­ran­te a ma­dru­ga­da de ho­je.

O país per­mi­te o pro­ce­di­men­to atu­al­men­te ape­nas em ca­sos de es­tu­pro e qu­an­do há ris­cos pa­ra a mãe, as­sim co­mo ocor­re no Bra­sil, que abre ex­ce­ção tam­bém pa­ra fe­tos anen­cé­fa­los.

Na Amé­ri­ca La­ti­na, ape­nas Cu­ba e Uru­guai per­mi­tem o pro­ce­di­men­to por de­ci­são da mãe até a 14a se­ma­na.

A pre­vi­são dos jor­nais ar- gen­ti­nos era de dis­pu­ta bas­tan­te di­vi­di­da de vo­tos, o que dei­xa­ria a de­ci­são na mão dos in­de­ci­sos.

Até as 19h, o “Cla­rín” con­ta­va 126 de­pu­ta­dos con­tra, 122 a fa­vor, 1 abs­ten- ção e 6 in­de­ci­sos. Pa­ra o “La Na­ci­on”, eram 126 con­tra, 123 a fa­vor, 5 in­de­ci­sos e 1 abs­ten­ção.

A di­vi­são no país era vi­sí­vel tam­bém do la­do de fo­ra do Con­gres­so, on­de mi­lha- res de pes­so­as pro­tes­ta­vam pró e con­tra a pro­pos­ta.

A cor ver­de, pre­sen­te prin­ci­pal­men­te em len­ços, se tor­nou sím­bo­lo das fe­mi­nis­tas que apoi­am a li­be­ra­ção. Já os gru­pos que se opõem, im­pul­si­o­na­dos prin­ci­pal­men­te pe­la Igre­ja Ca­tó­li­ca, ado­ta­ram o azul cla­ro e o ver­me­lho.

Após a vo­ta­ção na Câ­ma­ra, a lei so­bre abor­to pre­ci­sa ain­da do aval do Se­na­do e do pre­si­den­te. Mau­ri­cio Ma­cri é con­tra a pro­pos­ta, mas já se com­pro­me­teu a não bar­rar a es­co­lha dos par­la­men­ta­res e li­be­rou seus par­cei­ros a vo­tar de acor­do com sua cons­ci­ên­ci­as.

| MAR­TIN ACOSTA/REUTERS

Re­fle­xo do edi­fí­cio do Con­gres­so nos ócu­los de ma­ni­fes­tan­te

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.