Câ­ma­ra apro­va per­dão a mu­ni­cí­pio que es­tou­rar gas­tos

Re­gra re­ti­ra pu­ni­ções pa­ra pre­fei­tu­ra que ex­tra­po­lar des­pe­sas com pes­so­al de­vi­do a que­da na re­cei­ta

Metro Brazil (ABC) - - PRIMEIRA PÁGINA - FABIANE GUI­MA­RÃES METRO BRA­SÍ­LIA

A Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos apro­vou on­tem pro­je­to de lei com­ple­men­tar que isen­ta de pu­ni­ções aos mu­ni­cí­pi­os que ul­tra­pas­sa­rem o li­mi­te de gas­tos com pes­so­al pre­vis­to na LRF (Lei de Res­pon­sa­bi­li­da­de Fis­cal).

Des­ta for­ma, ci­da­des com res­tri­ções na LRF que te­nham que­da de re­cei­ta po­de­rão re­ce­ber trans­fe­rên­ci­as vo­lun­tá­ri­as, re­pas­ses de ou­tro en­te fe­de­ra­ti­vo ou con­tra­ta­rem ope­ra­ções de cré­di­to, mes­mo se não re­du­zi­rem as des­pe­sas com pes­so­al. O pla­car da vo­ta­ção foi de 300 vo­tos a fa­vor a 46 con­tra. A me­di­da, que é oriun­da do Se­na­do, vai pa­ra san­ção do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer (MDB).

En­ten­da

Con­for­me a lei vi­gen­te, mu­ni­cí­pi­os que ul­tra­pas­sa­rem o li­mi­te de 60% da re­cei­ta cor­ren-

te lí­qui­da – ar­re­ca­da­ção de im­pos­tos – com gas­tos com pes­so­al so­fre san­ções.

O pra­zo pa­ra se ade­quar, an­tes de so­frer a pu­ni­ção, é de oi­to me­ses. Com a no­va lei, en­tre­tan­to, es­sas bar­rei­ras não acon­te­ce­rão.

O no­vo tex­to, en­tre­tan­to, es­ta­be­le­ce que só po­de­rá ser be­ne­fi­ci­a­do o mu­ni­cí­pio que es­te­ja aci­ma da LRF por ter ti­do que­da mai­or de 10% na re­cei­ta re­al, em com­pa­ra­ção ao mes­mo qua­dri­mes- tre do ano an­te­ri­or.

Es­sa que­da de­ve ser pro­du­to da di­mi­nui­ção das trans­fe­rên­ci­as re­ce­bi­das pe­lo Fun­do de Par­ti­ci­pa­ção dos Mu­ni­cí­pi­os, ca­so a União con­ce­da isen­ções tri­bu­tá­ri­as a ou­tros se­to­res; e por di­mi­nui­ção das re­cei­tas de royal­ti­es e par­ti­ci­pa­ções es­pe­ci­ais, co­mo di­nhei­ro ge­ra­do pe­la pro­du­ção de pe­tró­leo, por exem­plo.

PSL foi con­tra

En­tre as ban­ca­das dos par­ti­dos, a mai­or par­te li­be­rou os de­pu­ta­dos pa­ra vo­ta­rem sim ao pro­je­to. O MDB e o PRB li­be­ra­ram os par­la­men­ta­res, e ape­nas o PSDB e o PSL – par­ti­do do pre­si­den­te elei­to Jair Bol­so­na­ro – ori­en­ta­ram seus de­pu­ta­dos a vo­ta­rem con­tra.

| LUIS MACEDO/AGÊN­CIA C­MA­RA

Ple­ná­rio foi mo­vi­men­ta­do on­tem

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.