A tá­bua in­te­li­gen­te que fa­ci­li­ta a vi­da

Mui é um pai­nel in­te­li­gen­te e in­te­ra­ti­vo fei­to tam­bém de ma­dei­ra

Metro Brazil (ABC) - - PUBLIMETRO -

É di­fí­cil ima­gi­nar que o ele­men­to prin­ci­pal em qu­al­quer equi­pa­men­to hi-te­ch se­ja ma­dei­ra. Con­tu­do, a em­pre­sa ja­po­ne­sa cha­ma­da Mui Lab de­ci­diu de­sen­vol­ver um as­sis­ten­te pes­so­al usan­do es­te mes­mo ma­te­ri­al, em um pai­nel in­te­li­gen­te e in­te­ra­ti­vo re­ves­ti­do de ma­dei­ra pa­ra uma vi­da di­gi­tal mais “na­tu­ral”. Ele é ca­paz de se co­nec­tar à in­ter­net, con­tro­lar apa­re­lhos do­més­ti­cos in­te­li­gen­tes, bem co­mo re­ce­ber no­ti­fi­ca­ções e mos­trar o fe­ed de no­tí­ci­as de re­des so­ci­ais.

Com um to­que do de­do pe­la su­per­fí­cie, o dis­play bri­lha pa­ra ajus­tar as lu­zes e tem­pe­ra­tu­ra de sua ca­sa, ve­ri­fi­ca o tem­po, to­ca música, en­via e re­ce­be men­sa­gens além de ser pro­gra­ma­do pe­los de­sen­vol­ve­do­res pa­ra fa­zer mais. “Quan­do em mo­do sus­pen­so, Mui re­cu­pe­ra o seu vi­su­al na­tu­ral, uma re­fe­rên­cia a prin­cí­pi­os de de- sign mais har­mo­ni­o­so. Ele foi fei­to pa­ra ter equi­lí­brio com qu­al­quer de­co­ra­ção e pa­re­cer na­tu­ral pa­ra ope­rar”, diz o pre­si­den­te da com­pa­nhia, Kaz Oki.

De acor­do com Oki, “apa­re­lhos ele­trô­ni­cos que usam me­tais e vi­dro fa­zem as nos­sas ca­sas pa­re­ce­rem fri­as e es­té­reis. Nós usa­mos ma­dei­ra, que é um ma­te­ri­al na­tu­ral usa­do des­de os di­as pri­mi­ti­vos, pa­ra ter uma at­mos­fe­ra re­la­xan­te e con­for­tá­vel”.

Pa­ra a em­pre­sa, o ob­je­ti­vo não é com­pe­tir com em­pre­sas co­mo Ama­zon e Go­o­gle. “Nós ve­mos o Mui co­mo al­go que am­plia o fun­ci­o­na­men­to do am­bi­en­te Go­o­gle Ho­me. Além dis­so, nós não es­ta­mos in­te­res­sa­do em cri­ar in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al, mas sim de­signs in­te­li­gen­tes”, com­ple­ta Oki.

A cam­pa­nha de fi­nan­ci­a­men­to co­le­ti­vo foi lan­ça­da em ou­tu­bro e en­cer­rou-se nes­ta se­ma­na com US$ 107,198 dos US$ 100 mil pre­ten­di­dos. Oki diz que o re­tor­no de mui­tos usuá­ri­os foi po­si­ti­vo ci­tan­do, por exem­plo, a ideia de re­du­zir as dis­tra­ções di­gi­tais den­tro de ca­sa.

O aces­só­rio tem co­nec­ti­vi­da­de pa­ra ce­lu­la­res e apa­re­lhos do­més­ti­cos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.