O MISTÉRIO DO OUMUAMUA

CIENTISTAS CREEM QUE OBJETO QUE CRUZOU O CÉU POSSA SER UMA SONDA EXTRATERRESTRE

Metro Brazil (Belo Horizonte) - - PRIMEIRA PÁGINA -

Um mis­te­ri­o­so objeto ver­me­lho-es­cu­ro alon­ga­do, com 10 ve­zes mais al­tu­ra do que lar­gu­ra, e que vi­a­ja a ve­lo­ci­da­des de até 300 mil km/h po­de ter si­do en­vi­a­do por ci­vi­li­za­ções ali­e­ní­ge­nas pa­ra nos­so sis­te­ma so­lar. A hi­pó­te­se foi le­van­ta­da por cientistas do Cen­tro de As­tro­fí­si­ca de Har­vard em ar­ti­go pu­bli­ca­do no jor­nal As­trophy­si­cal Jour­nal Let­ters na quin­ta-fei­ra pas­sa­da.

A es­tru­tu­ra foi de­tec­ta­da em ou­tu­bro do ano pas­sa­do pe­la Na­sa, agência es­pa­ci­al nor­te-ame­ri­ca­na, por te­les­có­pio lo­ca­li­za­do no Ha­vaí. Ela ga­nhou o no­me de Oumuamua, que sig­ni­fi­ca “um men­sa­gei­ro de lon­ge” em ha­vai­a­no.

O objeto cha­mou aten­ção por­que pas­sou rá­pi­do pe­lo Sol, a cer­ca de 315.400 km/h, rá­pi­do o su­fi­ci­en­te pa­ra es­ca­par da atra­ção gra­vi­ta­ci­o­nal da es­tre­la e se li­ber­tar do sis­te­ma so­lar, pa­ra nun­ca mais vol­tar, diz a Na­sa.

“Nor­mal­men­te, um objeto vi­a­jan­do a ve­lo­ci­da­de si­mi­lar se­ria um co­me­ta cain­do em di­re­ção ao Sol a par­tir do sis­te­ma so­lar ex­ter­no. Os co­me­tas são ob­je­tos ge­la­dos. Mas eles ge­ral­men­te der­ra­mam gás e po­ei­ra quan­do se apro­xi­mam do Sol e se aque­cem, o que não acon­te­ceu com Oumuamua”, ex­pli­ca a agência. O objeto é con­si­de­ra­do o pri­mei­ro in­te­res­te­lar já vis­to em nos­so sis­te­ma so­lar.

No ar­ti­go pu­bli­ca­do na se­ma­na pas­sa­da, os as­tro­fí­si­cos de Har­vard di­zem que Oumuamua se as­se­me­lha ao re­sí­duo de um equi­pa­men­to tec­no­ló­gi­co avan­ça­do. “Po­de ser uma sonda to­tal­men­te ope­ra­ci­o­nal en­vi­a­da in­ten­ci­o­nal­men­te pa­ra as pro­xi­mi­da­des da Ter­ra por uma ci­vi­li­za­ção ali­e­ní­ge­na”, diz o tex­to.

A te­o­ria é con­tes­ta­da por ou­tros cientistas. “Carl Sa­gan dis­se uma vez, ‘ale­ga­ções ex­tra­or­di­ná­ri­as exi­gem evi­dên­ci­as ex­tra­or­di­ná­ri­as’ e es­te ar­ti­go é cla­ra­men­te ca­ren­te de evi­dên­cia, por mais ex­tra­or­di­ná­ria evi­dên­cia”, dis­se Alan Jack­son, do Cen­tro de Ci­ên­ci­as Pla­ne­tá­ri­as de To­ron­to, à re­de CNN.

| EUROPEAN SOUTHERN OBSERVATORY / M. KORNMESSER

Ilus­tra­ção so­bre co­mo se­ria o objeto

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.