Rús­sia. Ati­vis­ta do Pus­sy Ri­ot é hos­pi­ta­li­za­do com sus­pei­ta de en­ve­ne­na­men­to

Metro Brazil (Campinas) - - Mundo -

Pyo­tr Ver­zi­lov, 30 anos, mem­bro do gru­po de punk rock ati­vis­ta Pus­sy Ri­ot, foi in­ter­na­do em es­ta­do gra­ve na úl­ti­ma ter­ça-fei­ra no hos­pi­tal Bakh­rushin, em Mos­cou, com sus­pei­ta de en­ve­ne­na­men­to. A in­for­ma­ção foi di­vul­ga­da on­tem por in­te­gran­tes do gru­po. “Nos­so ami­go, ir­mão, ca­ma­ra­da Pyo­tr Ver­zi­lov es­tá em re­a­ni­ma­ção. Sua vida cor­re ris­co. Acha­mos que ele foi en­ve­ne­na­do”, dis­se o Pus­sy Ri­ot em sua con­ta ofi­ci­al no Twit­ter.

Se­gun­do a mu­lher de Ver­zi­lov, a tam­bém ati­vis­ta Na­dia To­lo­kon­ni­ko­va, o mi­li­tan­te te­ria da­do en­tra­da no de­par­ta­men­to de to­xi­co­lo­gia da uni­da­de de saú­de com di­fi­cul­da­de para en­xer­gar e fa­lar. O si­te de no­tí­ci­as rus­so “Me­du­za” pu­bli­cou re­por­ta­gem na qu­al re­la­ta que família e ami­gos do ati­vis­ta es­tão im­pe­di­dos de vi­si­tá-lo.

Ver­zi­lov in­va­diu o cam­po de fu­te­bol em Mos­cou du­ran­te a fi­nal da Co­pa do Mun­do da Rús­sia em ju­lho des­te ano, jun­to com três mulheres li­ga­das à ban­da Pus­sy Ri­ot. Na oca­sião, eles de­cla­ra­ram que o ato ti­nha co­mo objetivo de­fen­der a li­ber­da­de de ex­pres­são.

Ver­zi­lov é edi­tor do “Me­di­a­Zo­na”, si­te de no­tí­ci­as rus­so que se con­cen­tra em vi­o­la­ções de di­rei­tos hu­ma­nos den­tro do sis­te­ma pe­nal do país.

| REUTERS

Ver­zi­lov: opo­si­tor do Krem­lin e do pre­si­den­te Pu­tin

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.