Fran­ça e Do­ria tro­cam acu­sa­ções

Metro Brazil (Campinas) - - { Brasil} -

Os pos­tu­lan­tes ao go­ver­no de São Pau­lo se ata­ca­ram on­tem em en­tre­vis­tas a rá­di­os e atos de cam­pa­nha.

Pe­la ma­nhã, o go­ver­na­dor Már­cio Fran­ça (PSB), dis­se em en­tre­vis­ta à rá­dio Ban­dei­ran­tes, que o ad­ver­sá­rio, João Do­ria (PSDB), é “mi­ma­do”, age co­mo o “do­no da bo­la”.

Fran­ça re­ce­beu on­tem em even­to o apoio for­mal do ter­cei­ro co­lo­ca­do nas ur­nas, Pau­lo Skaf (MDB). Ali, co­men­tan­do o cli­ma ten­so na reunião da exe­cu­ti­va na­ci­o­nal do PSDB, em que Ge­ral­do Alck­min dis­se “Trai­dor eu não sou” du­ran­te fa­la de Do­ria, Fran­ça dis­se: “Foi a fa­la de qu­em se sen­tiu de al­gu­ma for­ma traí­do, hu­mi­lha­do”. O go­ver­na­dor rei­te­rou que não vai apoi­ar Bol­so­na­ro ou Had­dad na cor­ri­da ao Pla­nal­to.

Mas es­sa não é a vi­são de Do­ria, que dis­se, na rá­dio Ban­dei­ran­tes, que o go­ver­na­dor men­te quan­do diz que se man­tém neu­tro: pa­ra ele, o atu­al go­ver­na­dor acei­ta con­ver­sas de apoio do PT e ten­ta es­con­der fa­tos do pas­sa­do. Ele dis­se ain­da que Fran­ça é um “es­quer­dis­ta” e um “ati­vis­ta” que “ido­la­tra Lu­la”. E qua­li­fi­cou Skaf co­mo es­quer­dis­ta tam­bém por apoi­ar Fran­ça.

Res­pon­den­do à in­si­nu­a­ção de que te­ria traí­do Alck­min, res­pon­deu que de trai­ção Fran­ça “co­nhe­ce bem”.

Ele afir­mou que o go­ver­na­dor de­ve cui­dar do pró­prio “um­bi­go” e lem­brou que os dois vão se en­fren­tar nos de­ba­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.