Pe­ru. Kei­ko Fu­ji­mo­ri é pre­sa pre­ven­ti­va­men­te

Metro Brazil (Campinas) - - { Mundo} -

Lí­der do par­ti­do For­ça Po­pu­lar e fi­lha do ex-pre­si­den­te do Pe­ru Al­ber­to Fu­ji­mo­ri, Kei­ko Fu­ji­mo­ri foi pre­sa on­tem pre­ven­ti­va­men­te em ope­ra­ção que apu­ra la­va­gem de di­nhei­ro du­ran­te sua cam­pa­nha pa­ra a Pre­si­dên­cia do país em 2011.

Ela foi en­vi­a­da à se­de do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co pa­ra pres­tar con­tas dos gas­tos du­ran­te a elei­ção. O pra­zo má­xi­mo de sua de­ten­ção, por en­quan­to, é de dez di­as.

A de­ci­são é do juiz Ri­chard Con­cep­ción Carhu­an­cho, con­si­de­ra­do o “Sér­gio Mo­ro” pe­ru­a­no. A pro­mo­to­ria in­ves­ti­ga re­pas­ses ir­re­gu­la­res de cer­ca de US$ 2 mi­lhões (apro- xi­ma­da­men­te R$ 7,5 mi­lhões) da cons­tru­to­ra Ode­bre­cht pa­ra a cam­pa­nha de Kei­ko.

Carhu­an­cho afir­ma em sua de­ci­são ter op­ta­do pe­la pri­são por con­ta do al­to ris­co de fu­ga da ex-can­di­da­ta e pe­la evi­dên­cia de for­ma­ção de qua­dri­lha no in­te­ri­or do For­ça Po­pu­lar. As in­for­ma­ções são do jor­nal pe­ru­a­no “El Co­mer­cio”.

O par­ti­do de Kei­ko di­vul­gou no­ta em que con­si­de­ra a pri­são in­jus­ta e ar­bi­trá­ria. O For­ça Po­pu­lar afir­ma que ela nun­ca se re­cu­sou a pres­tar es­cla­re­ci­men­tos à Jus­ti­ça e que a de­ci­são dei­xa evi­den­te que Kei­ko é ví­ti­ma de per­se­gui­ção po­lí­ti­ca.

| PACO CHUQUIURE/REUTERS

Fi­lha de Al­ber­to Fu­ji­mo­ri foi der­ro­ta­da no plei­to de 2011

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.