Es­pe­ra no Má­rio Gat­ti che­ga a 7 ho­ras

O Me­tro Jor­nal ou­viu pa­ci­en­tes que es­ti­ve­ram no lo­cal em três di­as di­fe­ren­tes e que re­cla­mam da lon­ga es­pe­ra. Pre­fei­tu­ra diz que não há su­per­lo­ta­ção

Metro Brazil (Campinas) - - Primeira Página -

Pa­ci­en­tes que re­cor­rem ao Hos­pi­tal Má­rio Gat­ti, em Cam­pi­nas, es­tão sen­do sub­me­ti­dos a es­pe­ras que, em mui­tos ca­sos, su­pe­ram se­te ho­ras. De­poi­men­tos co­lhi­dos pe­lo Me­tro Jor­nal des­de o úl­ti­mo sá­ba­do, mos­tram que a de­mo­ra nos aten­di­men­tos tem si­do ca­da vez mai­or e com mai­or frequên­cia.

A autô­no­ma Mar­cia Oli­vei­ra Reis da Sil­va con­tou que, na quar­ta-fei­ra, che­gou ao hos­pi­tal com a ir­mã, Lucia Sil­va, às 6 ho­ras, re­ce­beu uma se­nha de aten­di­men­to às 7h, mas só con­se­guiu ser aten­di­da per­to das 16h. “A mi­nha ir­mã já te­ve in­far­to e es­ta­va com sin­to­mas de pro­ble­mas car­día­cos”, con­tou. Már­cia diz que ela foi aten­di­da no fi­nal do dia, mas não por um es­pe­ci­a­lis­ta.

A ma­ni­cu­re e re­cep­ci­o­nis­ta Ma­ri­na Na­za­ro dis­se que es­te­ve no Má­rio Gat­ti no sá­ba­do e foi em­bo­ra por con­ta da de­mo­ra. “As pes­so­as que che­ga­ram às 11h co­me­ça­ram a ser aten­di­das às 17h50”, dis­se ela, que che­gou às 15h e foi em­bo­ra no co­me­ço da noi­te, sem aten­di­men­to.

On­tem, a apo­sen­ta­da Clo- de­te Ro­dri­gues re­cla­mou da lon­ga es­pe­ra: “Já es­tou aqui há mais de 5 ho­ras e não te­nho pre­vi­são de qu­an­do vou ser aten­di­da”, dis­se ela. A au-

xi­li­ar de lim­pe­za, Eli­za­beth Mar­tins, tam­bém re­cla­mou de gran­de de­mo­ra. Pa­ci­en­tes con­ta­ram ao Me­tro te­rem re­la­tos de pes­so­as que te­ri­am vin­do de ou­tras uni­da­des pú­bli­cas, já lo­ta­das.

Ou­tro la­do

Em no­ta, a se­cre­ta­ria de Saú­de in­for­mou que “não há re­gis­tro de su­per­lo­ta­ção” no hos­pi­tal. “O tem­po mé­dio de es­pe­ra na Sa­la Azul do Pron­to Aten­di­men­to on­de são aten­di­dos ca­sos de me­nor ris­co, tem si­do de 4 ho­ras”, diz. “To­do pa­ci­en­te pas­sa por uma tri­a­gem e é ava­li­a­do se­gun­do uma clas­si­fi­ca­ção de ris­co, em que ca­sos de ur­gên­cia e emer­gên­cia são pri­o­ri­za­dos”.

| DENNY CÉSARE/CÓDIGO19

Pa­ci­en­tes es­pe­ram aten­di­men­to no hos­pi­tal. Al­guns che­gam pe­la ma­nhã e só sa­em no fim da tar­de

| DENNY CÉSARE/CÓDIGO19

Pa­ci­en­tes aguar­dam aten­di­men­to no Má­rio Gat­ti

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.