‘Me­ni­nos fo­ram se­da­dos an­tes de saí­rem da ca­ver­na’, diz mer­gu­lha­dor

Metro Brazil (Curitiba) - - MUNDO -

“Os ga­ro­tos fo­ram se­da­dos, em­bru­lha­dos e trans­por­ta­dos em ma­cas.” A re­ve­la­ção é de um dos mer­gu­lha­do­res que par­ti­ci­pa­ram do res­ga­te dos 12 jo­vens e do téc­ni­co de fu­te­bol de­les da ca­ver­na na Tai­lân­dia.

O ca­na­den­se Erick Brown, de 36 anos, fa­lou on­tem com ex­clu­si­vi­da­de à Band­News FM. “O pro­ces­so en­vol­via atra­ves­sar lon­gas pas­sa­gens es­trei­tas, pou­co mai­o­res que o cor­po de um adul­to, e du­rou ho­ras pa­ra res­ga­tar ca­da me­ni­no.”

Brown es­tá há um ano na Tai­lân­dia e nun­ca ti­nha par­ti­ci­pa­do de uma ope­ra­ção tão com­ple­xa co­mo es­sa. “Eu en­si­no as pes­so­as a mer­gu­lha­rem por di­ver­são, cos­tu­mo li­dar com tu­ris­tas, ex­pli­co téc­ni­cas de so­cor­ro, mas nin­guém es­tá pre­pa­ra­do pa­ra is­so”, afir­mou ele.

O mer­gu­lha­dor con­tou que não era pos­sí­vel en­xer­gar na­da em­bai­xo d’água e que to­dos os mer­gu­lha­do­res eram gui­a­dos ape­nas por uma cor­da. Cem pes­so­as par­ti­ci­pa­ram de ca­da eta­pa dos res­ga­tes, mas, no to­tal, mais de mil, de vá­ri­as na­ci­o­na­li­da­des, fo­ram mo­bi­li­za­das, se­gun­do ele.

“Quan­do nos cha­mam de he­róis, res­pon­do que so­mos ape­nas pe­que­nas pe­ças de um enor­me que­bra-ca­be­ça”, dis­se Brown.

| RE­PRO­DU­ÇÃO

Erick Brown: ‘Ape­nas pe­ças de um enor­me que­bra- ca­be­ça’

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.