Juiz Wit­zel ame­a­ça pren­der Pa­es em de­ba­te

Metro Brazil (Curitiba) - - BRASIL - METRO RIO COM BAND

A cam­pa­nha ao 2o tur­no das elei­ções co­me­çou quen­te en­tre os dois can­di­da­tos ao go­ver­no do Rio de Ja­nei­ro. Wil­son Wit­zel (PSC) e Edu­ar­do Pa­es (DEM) tro­ca­ram far­pas já no se­gun­do dia após o 1o tur­no. Du­ran­te ca­mi­nha­da no cal­ça­dão de San­ta Cruz, na zo­na oes­te, on­tem de ma­nhã, o ex-juiz vol­tou a ame­a­çar seu ad­ver­sá­rio na dis­pu­ta e afir­mou que vai dar voz de pri­são ao po­lí­ti­co se ele dis­ser men­ti­ras a seu res­pei­to du­ran­te os de­ba­tes.

“O cri­me de in­jú­ria é de pe­que­no po­ten­ci­al ofen­si­vo e es­tá su­jei­to a voz de pri­são. A po­lí­ti­ca no Bra­sil tem si­do fei­ta de for­ma ir­res­pon­sá­vel. Es­se ti­po de fa­ke news só po­de sair de um la­do, do can­di­da­to opo­si­tor. Es­se ti­po de po­lí­ti­ca des­tru­ti­va eu não vou ad­mi­tir. Se for pra­ti­ca­do cri­me de in­jú­ria du­ran­te pro­gra­ma de te­le­vi­são, nós va­mos pa­rar na de­le­ga­cia”, dis­se Wit­zel.

Ele já ha­via fei­to o aler­ta em ví­deo pu­bli­ca­do nas re­des so­ci­ais na noi­te de se­gun­da-fei­ra. Wit­zel atri­bui ao ad­ver­sá­rio in­for­ma­ções po­lê­mi­cas a seu res­pei­to que cir­cu­lam na in­ter­net so­bre os ru­mos da in­ves­ti­ga­ção do as­sas­si­na­to da ve­re­a­do­ra Ma­ri­el­le Fran­co e ao fi­nan­ci­a­men­to de sua cam­pa­nha.

No ví­deo, o ex-juiz, que des­pon­tou após se apro­xi­mar da fa­mí­lia Bol­so­na­ro, foi mais en­fá­ti­co: “Vo­cê vai ser res­pon­sa­bi­li­za­do por to­das. Vo­cê e seu gru­po es­tão co­lo­can­do is­so na in­ter­net. E saia do ar­má­rio, mos­tre a sua ca­ra e vá no de­ba­te fa­lar es­sas men­ti­ras que vai ver a res­pos­ta. Cui­da­do. Dá uma es­tu­da­di­nha, por­que se fa­lar men­ti­ra ao vi­vo eu vou te dar voz de pri­são.”

Pa­es re­ba­te

Pa­es res­pon­deu com ou­tro ví­deo di­zen­do que fi­cou “cu­ri­o­so” por­que, no 1o tur­no, ele foi xin­ga­do por três can­di­da­tos e não deu voz de pri­são pa­ra nin­guém. “Não en­ten­di. Se­rá que ele con­cor­dou com tu­do o que dis­se­ram? Não se sen­tiu in­ju­ri­a­do? Nós es­ta­mos aqui pa­ra o de­ba­te elei­to­ral. Va­mos apre­sen­tar pro­pos­tas pa­ra o es­ta­do e fa­lar sim das ca­rac­te­rís­ti­cas de ca­da can­di­da­to. Aqui não vai fun­ci­o­nar car­tei­ra­da, não!”, de­cla­rou.

Além da ani­mo­si­da­de, os dois can­di­da­tos man­ti­ve­ram o fo­co na se­gu­ran­ça pú­bli­ca e pro­me­te­ram ri­gor no com­ba­te à cri­mi­na­li­da­de.

Fi­lho con­tra o pai

Wit­zel co­men­tou tam­bém so­bre a pos­ta­gem em re­de so­ci­al do seu fi­lho mais ve­lho, Erick Wit­zel, que é trans­gê­ne­ro: “Eu res­pei­to tu­do que meu fi­lho pen­sa. Pos­so não con­cor­dar, mas res­pei­to. Eu não pre­go a in­to­le­rân­cia.” Do­min­go, após a apu­ra­ção, o fi­lho es­cre­veu: “Se­gui­mos rin­do pa­ra não cho­rar, por­que a von­ta­de é su­mir. Um dia tris­te pa­ra a his­tó­ria do nos­so es­ta­do e do nos­so país.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.