Pro­je­to que ele­va mul­ta a quem de­sis­te de imó­vel é apro­va­do

Metro Brazil (Espirito Santo) - - ECONOMIA -

A Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos apro­vou o pro­je­to que cria re­gras pa­ra a de­sis­tên­cia da com­pra de um imó­vel na plan­ta, o cha­ma­do dis­tra­to imo­bi­liá­rio. O tex­to, que já tinha pas­sa­do pe­lo Se­na­do, se­gue pa­ra san­ção do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer.

Pe­lo pro­je­to, qu­an­do o em­pre­en­di­men­to ti­ver seu pa­trimô­nio se­pa­ra­do do da cons­tru­to­ra, em um me­ca­nis­mo cha­ma­do de pa­trimô­nio de afe­ta­ção, o com­pra­dor que de­sis­tir do imó­vel te­rá di­rei­to a re­ce­ber me­ta­de dos va­lo­res pa­gos. Em ou­tros ca­sos, pa­ga­rá mul­ta de 25%.

Pa­ra o ad­vo­ga­do Mar­ce­lo Ta­pai, vi­ce- pre­si­den­te da Co­mis­são de De­fe­sa do Con­su­mi­dor da OAB/ SP, as re­gras pre­ju­di­cam con­su­mi­dor e vão con­tra a ju­ris­pru­dên­cia so­bre o as­sun­to, o que é in­cons­ti­tu­ci­o­nal.

O pre­si­den­te da Câ­ma­ra Bra­si­lei­ra da In­dús­tria da Cons­tru­ção, José Car­los Ma­rins, co­me­mo­rou a apro­va­ção. “Aguar­da­re­mos ago­ra a san­ção do pro­je­to, que tra­rá mais se- gu­ran­ça ju­rí­di­ca aos ne­gó­ci­os imo­bi­liá­ri­os”, dis­se.

O de­pu­ta­do Cel­so Rus­so­man­no ( PRB- SP), au­tor da ma­té­ria, dis­se que a pro­pos­ta não é a ide­al, mas su­pre uma la­cu­na na le­gis­la­ção. “Cons­truí­mos um pro­je­to que aten­de em par­te os con­su­mi­do­res e em par­te os in­cor­po­ra­do­res”, dis­se.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.