In­cên­dio des­trói ma­te­ri­al da Pe­tro­bras

Metro Brazil (Espirito Santo) - - FOCO -

Um in­cên­dio de gran­des pro­por­ções em uma área de de­pó­si­to de ma­te­ri­as plás­ti­cos da Pe­tro­bras no Tims (Ter­mi­nal In­dus­tri­al e Mul­ti­mo­dal) na ro­do­via do Con­tor­no, na Ser­ra, as­sus­tou mo­ra­do­res da Gran­de Vi­tó­ria no fi­nal da tar­de de on­tem. A fu­ma­ça ne­gra que su­biu do fo­go co­briu o céu da re­gião me­tro­po­li­ta­na até o iní­cio da noi­te.

Nas re­des so­ci­ais, in­ter­nau­tas com­par­ti­lha­ram ví­de­os e fo­tos do in­cên­dio. Al­guns, in­clu­si­ve, re­gis­tra­ram di­fi­cul­da­de pa­ra aci­o­nar o so­cor­ro, o que te­ria atra­sa­do o com­ba­te às cha­mas.

Se­gun­do o se­cre­tá­rio de Co­mu­ni­ca­ção do Sin­di­pe­tro-ES (Sin­di­ca­to dos Pe­tro­lei­ros do Es­ta­do), Val­ní­sio Hoff­mann, mais de mil flu­tu­a­do­res uti­li­za­dos pe­la Pe­tro­bras fo­ram quei­ma­dos. “Os bom­bei­ros não ti­ve­ram nem tem­po de dar iní­cio ao com­ba­te ao in­cên­dio. Em me­nos de du­as ho­ras, tu­do foi con­su­mi­do pe­lo fo­go. Fe­liz­men­te, não ha­via tra­ba­lha­do­res. Mas o pre­juí­zo po­de até im­pac­tar a pro­du­ção de al­gu­mas pla­ta­for­mas, pois es­ses flu­tu­a­do­res aguar­dam pa­ra ser trans­por­ta­dos”, dis­se na pá­gi­na do Fa­ce­bo­ok do sin­di­ca­to.

De acor­do com o Cor­po de Bom­bei­ros, dois ca­mi­nhões e uma vi­a­tu­ra fo­ram des­lo­ca­dos pa­ra aten­der a ocor­rên­cia. Até as 20h de on­tem o tra­ba­lho ain­da es­ta­va em an­da­men­to.

A Pe­tro­bras foi pro­cu­ra­da, mas não deu re­tor­no até o fe­cha­men­to da edi­ção.

| DIVULGA­ÇÃO/RE­DES SO­CI­AIS

Fo­go atin­giu flu­tu­a­do­res usa­dos pe­la es­ta­tal

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.