APLI­CA­TI­VO

Se­cre­tá­rio de De­sen­vol­vi­men­to de Vi­tó­ria fa­la ao Metro so­bre a Lei de Vis­to­ria Pre­di­al, que já co­me­çou a va­ler há uma se­ma­na na ca­pi­tal

Metro Brazil (Espirito Santo) - - PRIMEIRA PÁGINA - LETÍCIA ORLANDI

USUÁ­RIO PO­DE ACIONAR PROCON PE­LO APP

Pré­di­os re­si­den­ci­ais, co­mer­ci­ais e pú­bli­cos de Vi­tó­ria te­rão que pas­sar por vis­to­ria es­tru­tu­ral a ca­da 10 anos. A de­ter­mi­na­ção é da Lei de Vis­to­ria Pre­di­al, que es­tá va­len­do há uma se­ma­na. Tam­bém pre­ci­sa­rão ser vis­to­ri­a­dos bo­a­tes, ca­sas de show e de­pó­si­tos de com­bus­tí­veis. Em en­tre­vis­ta ao Metro, o se­cre­tá­rio de De­sen­vol­vi­men­to da Ci­da­de, Már­cio Pas­sos, ex­pli­ca que ar­qui­te­tos e en­ge­nhei­ros ha­bi­li­ta­dos de­vem ser con­tra­ta­dos pa­ra re­a­li­zar a vis­to­ria e emi­tir o lau­do com a ava­li­a­ção do em­pre­en­di­men­to. Ca­so en­con­trem pro­ble­mas, os pro­fis­si­o­nais po­dem pro­du­zir um pla­no de re­pa­ros com cro­no­gra­ma de exe­cu­ção, pa­ra acom­pa­nha­men­to dos mo­ra­do­res e do mu­ni­cí­pio.

Qual a im­por­tân­cia de re­a­li­zar es­sas vis­to­ri­as?

É pa­ra evi­tar qual­quer ti­po de aci­den­te que ve­nha a ocor­rer com o con­do­mí­nio ou pré­dio. Por is­so, é pre­ci­so fa­zer ma­nu­ten­ção pre­ven­ti­va ou cor­re­ti­va se for ne­ces­sá­rio. Lem­bran­do que mui­tos con­do­mí­ni­os já fa­zem es­se ti­po de vis­to­ria, mas ago­ra to­dos pre­ci­sa­rão pas­sar por es­sa ava­li­a­ção.

Quais edi­fi­ca­ções de­vem pas­sar por es­sa ava­li­a­ção? Qual a frequên­cia?

Pre­ci­sam pas­sar pe­la vis­to­ria imó­veis com mais de 900m2 e pré­di­os com mais de 9 me­tros de al­tu­ra, o que equi­va­le a três an­da­res. Os em­pre­en­di­men­tos no­vos só re­ce­be­rão o Ha­bi­te-se após o lau­do. E en­tão, só pre­ci­sam re­no­var de­pois de 10 anos. Os pré­di­os com mais de 10 anos, a lei pre­vê pra­zo de dois anos pa­ra con­tra­tar a em­pre­sa e re­a­li­zar a vis­to­ria pa­ra emis­são do lau­do. A par­tir daí, tam­bém é fei­to a ca­da 10 anos. Já os pré­di­os que ain­da não com­ple­ta­ram uma dé­ca­da, te­rão que apre­sen­tar o lau­do as­sim que a edi­fi­ca­ção fi­zer 10 anos.

O que se­rá ana­li­sa­do?

Se­rão ava­li­a­das qu­es­tões es­tru­tu­rais em ge­ral, a ve­da­ção, a im­per­me­a­bi­li­za­ção, ins­ta­la­ção de gás, ins­ta­la­ções hi­dráu­li­cas, elé­tri­cas, re­ves­ti­men­to e sis­te­ma de com­ba­te a in­cên­dio. E tam­bém equi­pa­men­tos per­ma­nen­tes, co­ber­tu­ras, te­lha­dos e pro­te­ção con­tra des­car­gas at­mos­fé­ri­cas.

Quem re­a­li­za­rá a vis­to­ria?

A vis­to­ria de­ve ser re­a­li­za­da por pro­fis­si­o­nais cre­den­ci­a­dos, co­mo ar­qui­te­tos e en­ge­nhei­ros com seus res­pec­ti­vos re­gis­tros em dia nos con­se­lhos, co­mo o Crea (Con­se­lho Re­gi­o­nal de En­ge­nha­ria e Agro­no­mia). São eles que es­tão ha­bi­li­ta­dos a fa­zer es­se ti­po de ava­li­a­ção. Po­de ser tan­to pro­fis­si­o­nal autô­no­mo quan­to em­pre­sa que ofe­re­ce es­se ti­po de ser­vi­ço.

Pré­di­os pú­bli­cos tam­bém?

Pré­di­os pú­bli­cos tam­bém pre­ci­sa­rão pas­sar pe­la vis­to­ria, não há ex­ce­ção nes­sa lei ela­bo­ra­da pe­la pre­fei­tu­ra.

Qual a pu­ni­ção em ca­so de des­cum­pri­men­to?

A pre­fei­tu­ra po­de in­ti­mar o con­do­mí­nio ou o co­mér­cio pa­ra apre­sen­tar o lau­do. Ca­so não ti­ver re­a­li­za­do a ava­li­a­ção, o sín­di­co po­de ser res­pon­sa­bi­li­za­do. É pos­sí­vel que o em­pre­en­di­men­to tam­bém não con­si­ga ti­rar e re­no­var os al­va­rás ca­so não pas­se pe­las vis­to­ri­as. Mas a pre­mis­sa da pre­fei­tu­ra é, pri­mei­ra­men­te, a cons­ci­en­ti­za­ção e edu­ca­ção.

Quem vai fis­ca­li­zar?

A fis­ca­li­za­ção fi­ca a car­go da Se­dec (Se­cre­ta­ria de De­sen­vol­vi­men­to da Ci­da­de). De­pen­den­do dos ca­sos, po­de­mos acionar a De­fe­sa Ci­vil, prin­ci­pal­men­te quan­do vi­su­al­men­te a si­tu­a­ção de uma mar­qui­se pa­re­ce co­lo­car em ris­co a po­pu­la­ção. Em ca­sos de edi­fi­ca­ções com ra­cha­du­ras ou ou­tros da­nos, a po­pu­la­ção tam­bém po­de aju­dar, li­gan­do pa­ra o 156 ou in­for­man­do a si­tu­a­ção pe­lo apli­ca­ti­vo da pre­fei­tu­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.