‘Re­e­lei­ção cau­sou des­gra­ça no Bra­sil’, diz Bol­so­na­ro

Metro Brazil (Espirito Santo) - - BRASIL -

Pon­to de­fen­di­do ain­da du­ran­te sua cam­pa­nha, o pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro vol­tou a afir­mar on­tem que apoi­a­ria o fim da re­e­lei­ção, ca­so ha­ja uma re­for­ma po­lí­ti­ca no país. Pa­ra ele, re­can­di­da­tu­ras cau­sa­ram “des­gra­ça no Bra­sil”.

“Pre­fei­tos, go­ver­na­do­res e até o pre­si­den­te se en­di­vi­dam, fa­zem bar­ba­ri­da­des, dão cam­ba­lho­tas, fa­zem acor­dos com quem não in­te­res­sa, pa­ra ter apoio po­lí­ti­co”, dis­se à Rá­dio Jo­vem Pan.

O pre­si­den­te ale­gou, no en­tan­to, que a pres­são pa­ra sua re­e­lei­ção em 2022 é “for­te”. Mes­mo as­sim, ele de­fen­deu que uma re­for­ma po­lí­ti­ca só te­ria “va­li­da­de” se o pró­prio pre­si­den­te tam­bém fos­se atin­gi­do. “Se pa­ra di­mi­nuir os ta­ma­nhos das ca­sas le­gis­la­ti­vas o cus­to for ti­rar a re­e­lei­ção, eu to­po as­si­nar is­so daí”, pon­tu­ou.

Fi­lho mi­nis­tro

Na en­tre­vis­ta, Bol­so­na­ro ad­mi­tiu que seu fi­lho, o ve­re­a­dor Car­los Bol­so­na­ro (PSC-RJ), aju­da a ope­rar su­as re­des so­ci­ais e acres­cen­tou que Car­los de­ve­ria, na ver­da­de, ter um car­go de mi­nis­tro.

“[Ele] não me atra­pa­lhou em na­da. Acho até que de­via ter um car­go de mi­nis­tro. Ele que me bo­tou aqui”, dis­se o pre­si­den­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.