Trin­ta ve­zes Ti­mão!

Em jo­go trun­ca­do, Co­rinthi­ans ven­ce o São Pau­lo por 2 a 1 e con­quis­ta o tri­cam­pe­o­na­to re­gi­o­nal, fei­to que não acon­te­cia des­de 1939 e tam­bém al­can­ça e gran­de mar­ca de trin­ta ta­ças do Pau­lis­tão

Metro Brazil (Espirito Santo) - - ESPORTE -

Uma mar­ca im­pres­si­o­nan­te. Com a vi­tó­ria de on­tem so­bre o São Pau­lo, por 2 a 1, o Co­rinthi­ans che­gou ao tri­gé­si­mo tí­tu­lo do Cam­pe­o­na­to Pau­lis­ta, oi­to a fren­te dos se­gun­dos na lis­ta, Pal­mei­ras e San­tos. Pa­ra fi­car ain­da mai­or: a ter­cei­ra ta­ça re­gi­o­nal se­gui­da, fei­to que não acon­te­cia des­de 1939.

Se tem um ca­ra que co­nhe­ce bem de tí­tu­lo no Pau­lis­tão é Fá­bio Ca­ril­le. Em três anos na fun­ção, con­quis­tou as três com­pe­ti­ções lo­cais que dis­pu­tou, mes­mo que, des­sa vez, a equi­pe não te­nha ren­di­do tão bem. E is­so foi vi­sí­vel nes­se se­gun­do jo­go da fi­nal.

Ca­ril­le até ten­tou dar no­vo rit­mo ao ti­me, co­lo­can­do Pe­dri­nho em cam­po e, con­se­quen­te­men­te, mais ve­lo­ci­da­de. Mas mes­mo as­sim seus jo­ga­do­res não ren­di­am.

Foi em lan­ce de bo­la pa­ra­da, aos 28 do pri­mei­ro tem­po, que Da­ni­lo Ave­lar con­se­guiu mar­car de ca­be­ça, após co­bran­ça de es­can­teio.

No fim da pri­mei­ra eta­pa o São Pau­lo em­pa­tou, após chu­te de fo­ra da área de An­tony.

O se­gun­do tem­po foi ain­da mais trun­ca­do, dos dois la­dos, com pou­cas chan­ces de gols. E quan­do tu­do pa­re­cia le­var o jo­go aos pê­nal­tis, Sor­no­za fez cru­za­men­to mi­li­mé­tri­co pa­ra Vág­ner Lo­ve chu­tar, de pri­mei­ra, pa­ra ex­plo­dia a Fi­el na Are­na Co­rinthi­ans.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.