J.C. CHANDOR

Di­re­tor de ‘Ope­ra­ção Fron­tei­ra’ fa­la so­bre re­vi­ra­vol­ta no fil­me da Net­flix

Metro Brazil (Espirito Santo) - - CULTURA -

Em “Ope­ra­ção Fron­tei­ra”, dis­po­ní­vel na Net­flix, cin­co ex-mi­li­ta­res in­ter­pre­ta­dos por no­mes co­mo Ben Af­fleck e Pe­dro Pas­cal se reú­nem pa­ra rou­bar a for­tu­na de um che­fão das dro­gas. Pa­ra o di­re­tor J.C. Chandor, es­te é um fil­me de re­vi­ra­vol­tas e de crí­ti­ca ao ser­vi­ço mi­li­tar.

A in­ten­ção da mis­são dos pro­ta­go­nis­tas mu­da co­mo se fos­se um per­so­na­gem...

Co­me­ça­mos com o ro­tei­ro bá­si­co de um fil­me de ação, daí a mis­são pro­gri­de e vo­cê mu­da sua ideia so­bre qu­em é bom e mau. Em qua­se to­dos os meus fil­mes, há uma re­vi­ra­vol­ta as­sim. Tor­ço pa­ra que es­se fil­me ope­re em du­as ca­ma­das e o fa­ça ques­ti­o­nar a hu­ma­ni­da­de e a for­ma co­mo in­te­ra­gi­mos com o mun­do.

O fil­me faz uma crí­ti­ca ao sis­te­ma de for­ças mi­li­ta­res?

Sim. O fil­me é uma aná­li­se de co­mo uma pe­que­na par­ce­la de nos­sa po­pu­la­ção te­ve que su­pe­rar o peso da gu­er­ra tra­va­da pe­los EUA.

O que vo­cê acha de os fil­mes da Net­flix não se­rem exi­bi­dos nos ci­ne­mas?

Ter o apoio da Net­flix tem si­do in­crí­vel, es­pe­ci­al­men­te qu­an­do não há tan­tos fil­mes ori­gi­nais em Hollywo­od.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.