Ola­vo. ‘Não me me­to mais na po­lí­ti­ca bra­si­lei­ra’

Metro Brazil (Espirito Santo) - - BRASIL -

Um dos prin­ci­pais in­flu­en­ci­a­do­res ide­o­ló­gi­cos da di­re­ta bra­si­lei­ra, gu­ru do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro (PSL) e pro­ta­go­nis­ta de ba­te bo­cas vir­tu­ais com re­pre­sen­tan­tes do go­ver­no, o es­cri­tor Ola­vo de Car­va­lho dis­se on­tem que não vai mais “se me­ter” em po­lí­ti­ca.

“Eles que­rem me ti­rar da pa­ra­da? Ti­ra­ram. Eu vou fi­car qui­e­ti­nho ago­ra, não me me­to mais na po­lí­ti­ca bra­si­lei­ra. O Bra­sil es­co­lheu o seu ca­mi­nho. Es­co­lheu con­fi­ar em pes­so­as que não me­re­cem a sua con­fi­an­ça e ago­ra vai se da­nar”, afir­mou em con­ver­sa em ví­deo com o si­te Crí­ti­ca Na­ci­o­nal.

Ola­vo dis­se que vai se “au­sen­tar tem­po­ra­ri­a­men­te do de­ba­te po­lí­ti­co na­ci­o­nal”, que “se tor­nou uma coi­sa ab­so­lu­ta­men­te in­sus­ten­tá­vel”, se­gun­do sua ava­li­a­ção.

O es­cri­tor, que mo­ra nos Es­ta­dos Uni­dos, foi con­de­co­ra­do por Bol­so­na­ro com a co­men­da de Grã-Cruz, a mai­or hon­ra­ria da Or­dem Na­ci­o­nal de Rio Bran­co, e en­trou em po­lê­mi­cas na in­ter­net ao cri­ti­car e ofen­der in­te­gran­tes do go­ver­no.

| VIVI ZANATTA/FOLHAPRESS

Es­cri­tor é con­si­de­ra­do o gu­ru de Bol­so­na­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.