Ufes de­ve re­cal­cu­lar va­lor de pe­dá­gio da BR-101

Metro Brazil (Espirito Santo) - - {FOCO} -

De­pu­ta­dos es­ta­du­ais que in­te­gram a Co­mis­são Es­pe­ci­al de Fis­ca­li­za­ção da Con­ces­são da BR-101 que­rem que a Ufes cal­cu­le se as ta­ri­fas co­bra­das nas pra­ças de pe­dá­gio que cor­tam a BR-101 no Es­pí­ri­to San­to es­tão ade­qua­das.

Se­gun­do o pre­si­den­te da Co­mis­são, de­pu­ta­do Fa­brí­cio Gan­di­ni (PPS), o ob­je­ti­vo é fa­zer um con­vê­nio pa­ra uma as­ses­so­ria téc­ni­ca da Ufes apu­rar o cál­cu­lo do des­con­to da ta­ri­fa ao usuá­rio em ra­zão da ine­xe­cu­ção con­tra­tu­al pe­la Eco101, que só du­pli­cou 20km dos 200km pre­vis­tos pa­ra os pri­mei­ros seis anos de con­tra­to.

“Su­gi­ro que o cál­cu­lo se­ja fei­to pe­la uni­ver­si­da­de. Já fiz até con­ta­to com o rei­tor da Ufes (Rei­nal­do Cen­to­du­cat­te) pa­ra ava­li­ar a pos­si­bi­li­da­de. A ideia é ser uma ava­li­a­ção in­de­pen­den­te”, des­ta­ca.

A Ufes e a Eco 101 fo­ram pro­cu­ra­das pa­ra co­men­tar o pe­di­do, mas não de­ram re­tor­no.

Os de­pu­ta­dos tam­bém vão pe­dir que a As­sem­bleia in­gres­se na ação ju­di­ci­al da OAB-ES, que con­tes­ta o re­a­jus­te do pe­dá­gio, pa­ra que pos­sa con­tri­buir com os tra­ba­lhos da ins­ti­tui­ção. Na úl­ti­ma sex­ta-fei­ra, a Jus­ti­ça Fe­de­ral sus­pen­deu o re­a­jus­te na ta­ri­fa do pe­dá­gio, pe­di­do pe­la ação da OAB. Pe­lo con­tra­to, o pe­dá­gio de­ve­ria ter si­do re­a­jus­ta­do no dia 18 de maio. A au­di­ên­cia de me­di­a­ção so­bre o as­sun­to es­tá mar­ca­da pa­ra o dia 27 de ju­nho.

Na reu­nião de on­tem, es­ta­va pre­vis­ta a par­ti­ci­pa­ção de re­pre­sen­tan­tes do Iba­ma pa­ra re­a­li­zar uma dis­cus­são so­bre li­cen­ça am­bi­en­tal pa­ra as obras da es­tra­da. Mas de­vi­do à au­sên­cia, a con­ver­sa foi mar­ca­da pa­ra 4 de ju­nho.

|CHICO GUEDES / METRO ES

Re­a­jus­te de pe­dá­gio na BR-101 foi sus­pen­so na sex­ta-fei­ra

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.