Fi­os fur­ta­dos cus­tam R$ 2 mi aos mu­ni­cí­pi­os

De 2018 até ho­je, ci­da­des ti­ve­ram que re­por 48 mil me­tros de fi­os e ca­bos . Di­nhei­ro se­ria apli­ca­do em obras de ma­nu­ten­ção

Metro Brazil (Espirito Santo) - - FOCO - LETÍCIA ORLANDI/ME­TRO ES

As pre­fei­tu­ras de Vi­tó­ria e Ser­ra gas­ta­ram qua­se R$ 2 mi­lhões des­de o iní­cio do ano pas­sa­do pa­ra re­por 48 mil me­tros de fi­os de co­bre e ca­bos elé­tri­cos fur­ta­dos. O ma­te­ri­al faz par­te da si­na­li­za­ção se­ma­fó­ri­ca e do sis­te­ma de ilu­mi­na­ção pú­bli­ca.

O di­nhei­ro, se­gun­do as ad­mi­nis­tra­ções, se­ri­am apli­ca­dos na ma­nu­ten­ção e ex­pan­são da ilu­mi­na­ção nas ci­da­des e, ain­da, em si­na­li­za­ção se­ma­fó­ri­ca.

O mai­or pre­juí­zo foi da pre­fei­tu­ra da Ser­ra, que te­ve que gas­tar mais de R$ 1,6 mi­lhão pa­ra re­por mais de 20 mil me­tros de ca­bos elé­tri­cos em 2018. Já em ja­nei­ro e fe­ve­rei­ro des­te ano, os gas­tos com o mes­mo pro­ble­ma so­mam cer­ca de R$ 30.500, uti­li­za­dos pa­ra subs­ti­tuir 5,5 mil me­tros de fi­os.

Vi­tó­ria de­sem­bol­sou R$ 195 mil des­de o iní­cio de 2018. Só nes­te ano já fo­ram fur­ta­dos 9 mil me­tros, pre­juí­zo de R$ 80 mil. Em 2018, fo­ram le­va­dos 13.500 me­tros de ca­bo na ca­pi­tal, o que ge­rou gas­to de R$ 115 mil.

O úl­ti­mo ca­so de fur­to de ca­bos em Vi­tó­ria, no iní­cio da se­ma­na, com­pro­me­teu o se­má­fo­ro lo­ca­li­za­do no cru­za­men­to en­tre as ave­ni­das Rio Bran­co e Re­ta da Pe­nha.

O se­cre­tá­rio de Se­gu­ran­ça de Vi­tó­ria, co­ro­nel Fron­zio Ca­lhei­ra, ex­pli­cou que quan­do cor­ta­dos, os se­má­fo­ros fi­cam fo­ra de sin­cro­nia. Pa­ra di­fi­cul­tar no­vas ações de cri­mi­no­sos, a pre­fei­tu­ra tem apro­fun­da­do a tu­bu­la­ção e co­lo­ca­do con­cre­to por ci­ma. “Pren­de­mos, no úl­ti­mo mês, seis cri­mi­no­sos e pe­di­mos à Po­lí­cia Ci­vil uma in­ves­ti­ga­ção mais apro­fun­da­da pa­ra se che­gar aos re­cep­ta­do­res do ma­te­ri­al”.

A Po­lí­cia Ci­vil con­fir­mou que há in­ves­ti­ga­ção em cur­so so­bre os rou­bos e fur­tos e que re­ce­beu co­mu­ni­ca­do ofi­ci­al da pre­fei­tu­ra de Vi­tó­ria.

Lo­cais

Na Ser­ra, os fur­tos ocor­rem mais na ro­do­via do Con­tor­no, BR-101, ro­do­via Ser­ra-Ja­ca­raí­pe, ave­ni­da De­sem­bar­ga­dor Antô­nio Jo­sé Mi­guel Feu Ro­sa, ro­do­via Au­di­fax Bar­ce­los, Re­ta do Ae­ro­por­to e em al­gu­mas pra­ças. Em Vi­tó­ria, os ca­sos acon­te­cem mais na re­gião da Pra­ça do Pa­pa, Lei­tão da Sil­va, Re­ta da Pe­nha, Pon­te da Pas­sa­gem e ave­ni­da Rio Bran­co.

Ou­tros mu­ni­cí­pi­os

A pre­fei­tu­ra de Ca­ri­a­ci­ca in­for­mou que não re­gis­trou fur­tos de fi­os em 2018 e 2019. Em 2017, fo­ram fur­ta­dos 8.500 me­tros de ca­bo elé­tri­co no mu­ni­cí­pio, que cau­sou pre­juí­zo de R$ 210 mil. Já Vi­la Ve­lha dis­se que não re­gis­tra rou­bo de fi­os des­de 2015.

| CHI­CO GU­E­DES

Pos­te no cru­za­men­to da Rio Bran­co com Re­ta da Pe­nha foi al­vo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.