STF diz que Pla­nal­to não po­de aca­bar com con­se­lhos por de­cre­to

Metro Brazil (Espirito Santo) - - BRASIL -

Por una­ni­mi­da­de, o STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral) de­ci­diu on­tem im­por li­mi­tes à ex­tin­ção de con­se­lhos fe­de­rais e de­ter­mi­nou que o go­ver­no não po­de ex­tin­guir por de­cre­to os co­le­gi­a­dos que fo­ram cri­a­dos por lei.

Es­sa po­de ser con­si­de­ra­da a pri­mei­ra der­ro­ta do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro (PSL) no STF, já que es­se foi o pri­mei­ro jul­ga­men­to no ple­ná­rio da Cor­te so­bre a va­li­da­de de uma me­di­da edi­ta­da por ele.

A ação foi pro­pos­ta pe­lo Par­ti­do dos Tra­ba­lha­do­res, que ale­gou que a cri­a­ção e ex­tin­ção de ór­gãos da ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca é ma­té­ria do Con­gres­so Na­ci­o­nal.

En­quan­to cin­co mi­nis­tros (Ed­son Fa­chin, Luís Ro­ber­to Bar­ro­so, Ro­sa We­ber, Cár­men Lú­cia e Cel­so de Mel­lo), de­fen­di­am sus­pen­der to­tal­men­te o de­cre­to de Bol­so­na­ro, ou­tros seis ma­gis­tra­dos (Gil­mar Men­des, Di­as Tof­fo­li, Mar­co Au­ré­lio, Ri­car­do Lewan­dows­ki, Ale­xan­dre de Mo­ra­es e Luiz Fux) se po­si­ci­o­na­ram pa­ra der­ru­bar em par­te a me­di­da, ape­nas no pon­to que di­zia res­pei­to a con­se­lhos cri­a­dos em lei.

“O Exe­cu­ti­vo não po­de le­gis­lar por de­cre­to, tal si­tu­a­ção con­fi­gu­ra­ria cla­ra ma­ni­pu­la­ção do exa­me que é fei­to pe­lo Con­gres­so Na­ci­o­nal”, dis­se Gil­mar Men­des.

Edi­ta­do em abril, o de­cre­to do go­ver­no fe­de­ral pre­via a ex­tin­ção ge­né­ri­ca de con­se­lhos a par­tir do pró­xi­mo dia 28, sem es­pe­ci­fi­car qu­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.