Maringá tem 7 cur­sos com no­ta má­xi­ma no Ena­de

No to­tal, 74 cur­sos de gra­du­a­ção da ci­da­de fo­ram ava­li­a­dos pe­lo Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção, sen­do que 9,5% ob­ti­ve­ram con­cei­to 5, ín­di­ce su­pe­ri­or ao de­sem­pe­nho na­ci­o­nal. No Bra­sil, ape­nas 6% dos cur­sos ava­li­a­dos ti­ve­ram pon­tu­a­ção má­xi­ma

Metro Brazil (Maringa) - - PRIMEIRA PÁGINA - CARLA GU­E­DES

Se­te cur­sos de gra­du­a­ção de Maringá al­can­ça­ram a no­ta mais al­ta no Ena­de (Exa­me Na­ci­o­nal de De­sem­pe­nho dos Es­tu­dan­tes) 2017.

Fo­ram ava­li­a­dos 74 cur­sos na ci­da­de e 9,5% atin­gi­ram o con­cei­to 5, o má­xi­mo do exa­me. O ín­di­ce é su­pe­ri­or ao de­sem­pe­nho na­ci­o­nal. Em mé­dia, só 5,9% das gra­du­a­ções do país fo­ram con­si­de­ra­das de ex­ce­lên­cia. Os da­dos fo­ram di­vul­ga­dos on­tem pe­lo Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção. Leia mais na pá­gi­na 7.

Em Maringá, to­dos os cur­sos com no­ta má­xi­ma são da UEM (Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Maringá) - ve­ja lis­ta ao la­do.

Em uma es­ca­la que vai de 1 a 5, 26 cur­sos de Maringá ob­ti­ve­ram con­cei­to 4 (35%), e 28 (37%) o con­cei-

to 3. Se­gun­do o MEC, 12 gra­du­a­ções ti­ve­ram no­tas bai­xas.

O Ena­de ava­lia o de­sem­pe­nho dos alu­nos que es­tão con­cluin­do o en­si­no su­pe­ri­or.

Nes­te ano, fo­ram clas­si­fi­ca­dos os cur­sos de ba­cha­re­la­do e li­cen­ci­a­tu­ra de Ci­ên­ci­as Exa­tas, Bi­o­ló­gi­cas e So­ci­ais, Hu­ma­nas, além dos tec­nó­lo­gos em De­sen­vol­vi­men­to de Sis­te­mas, Pro­du­ção In­dus­tri­al, Re­des de Com­pu­ta­do­res e Ges­tão da Tec­no­lo­gia da In­for­ma­ção.

Edu­ca­ção a Dis­tân­cia

Dos 74 cur­sos ava­li­a­dos em Maringá, 12 são da mo­da­li­da­de EAD e ti­ve­ram de­sem­pe­nho in­fe­ri­or aos pre­sen­ci­ais.

En­quan­to ne­nhu­ma gra­du­a­ção EAD atin­giu os con­cei­tos má­xi­mos (4 e 5), me­ta­de te­ve as me­no­res no­tas (1 e 2).

“Te­mos pú­bli­cos dis­tin­tos. Jo­vens sol­tei­ros es­tão em nú­me­ro mai­or no pre­sen­ci­al. No EAD, es­tão pes­so­as es­ta­bi­li­za­das no tra­ba­lho e que­rem cres­cer na car­rei­ra”, diz o mi­nis­tro da Edu­ca­ção Ros­si­e­li So­a­res, que clas­si­fi­ca o en­si­no a dis­tân­cia uma “im­por­tan­te fer­ra­men­ta de in­clu­são”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.