SI­CRE­DI UNIÃO FI­CA É FI­NA­LIS­TA DO TOP DE MAR­KE­TING ABDV

Metro Brazil (Maringa) - - ECONOMIA - Da­vid Con­chon, su­pe­rin­ten­den­te de Ne­gó­ci­os da Si­cre­di União PR/SP e um dos res­pon­sá­veis pe­la im­plan­ta­ção do pro­je­to em Ca­fe­a­ra

A Si­cre­di União PR/SP se clas­si­fi­cou en­tre as qua­tro fi­na­lis­tas do Top de Mar­ke­ting 2018 da As­so­ci­a­ção de Di­ri­gen­tes de Ven­das e Mar­ke­ting do Bra­sil (ABDV), na ca­te­go­ria Ser­vi­ço, com o ca­se da agên­cia Smart Con­tai­ner de Ca­fe­a­ra, que fi­ca a 86 quilô­me­tros de Maringá. A ins­ti­tui­ção fi­nan­cei­ra co­o­pe­ra­ti­va con­cor­reu ao la­do da Uni­ce­su­mar – Hí­bri­do, PUC-PR e Sis­te­ma Po­si­ti­vo. A ven­ce­do­ra foi a PUC-PR.

O Top de Mar­ke­ting re­co­nhe­ce e pre­mia as me­lho­res idei­as, ta­len­tos, re­sul­ta­dos e em­pre­sas do mer­ca­do. O ca­se de Ca­fe­a­ra che­gou à fi­nal pe­lo ine­di­tis­mo e re­sul­ta­dos por in­se­rir uma co­mu­ni­da­de de cer­ca de 3 mil ha­bi­tan­tes no sis­te­ma fi­nan­cei­ro, e pe­lo uso de mei­os ele­trô­ni­cos de pa­ga­men­to.

Inau­gu­ra­da em mar­ço, a pi­o­nei­ra agên­cia Smart Con­tai­ner tem mu­da­do cos­tu­mes no mu­ni­cí­pio. To­tal­men­te di­gi­tal e em meio a uma po­pu­la­ção que não ti­nha o há­bi­to de usar car­tões, o de­sa­fio de in­tro­du­zir o pa­ga­men­to ele­trô­ni­co vem sen­do ven­ci­do com ações e in­te­ra­ções com a co­mu­ni­da­de.

A agên­cia é a pri­mei­ra di­gi­tal do sis­te­ma Si­cre­di no Bra­sil e pre­ten­de ser mo­de­lo de in­clu­são fi­nan­cei­ra e so­ci­al. Den­tro da pro­pos­ta de fa­ci­li­tar o aces­so da po­pu­la­ção aos ser­vi­ços ban­cá­ri­os, a co­mu­ni­da­de de Ca­fe­a­ra não pa­ga ta­ri­fas pe­la aber­tu­ra e ma­nu­ten­ção de con­ta, co­mo ces­ta de ser­vi­ços, nem tem qu­al­quer cus­to com anui­da­des de car­tões de cré­di­to. Os co­mer­ci­an­tes, por sua vez, re­ce­be­ram gra­tui­ta­men­te as má­qui­nas de car­tão. Tu­do com o ob­je­ti­vo de in­cen­ti­var o uso dos car­tões de dé­bi­to e cré­di­to, di­mi­nuin­do a cir­cu­la­ção de di­nhei­ro em es­pé­cie na ci­da­de, in­cen­ti­van­do os ne­gó­ci­os lo­cais e co­la­bo­ran­do pa­ra mais se­gu­ran­ça.

A mi­ni­mi­za­ção dos cus­tos ope­ra­ci­o­nais pe­lo fa­to de a agên­cia Smart não tran­sa­ci­o­nar com di­nhei­ro em es­pé­cie é ava­li­a­da pe­la co­o­pe­ra­ti­va de cré­di­to co­mo al­ter­na­ti­va pa­ra le­var a ban­ca­ri­za­ção aos mu­ni­cí­pi­os que não apre­sen­tam vi­a­bi­li­da­de econô­mi­ca pa­ra com­por­tar agências ban­cá­ri­as. Pa­ra aten­der es­ses mu­ni­cí­pi­os, o me­lhor ca­mi­nho é ti­rar a cir­cu­la­ção do di­nhei­ro, mas sem ti­rar o bom aten­di­men­to. Por is­so, a Smart é uma agên­cia com­ple­ta, com equi­pe tra­ba­lhan­do o dia to­do, en­tre­gan­do pro­du­tos de qua­li­da­de, com mui­ta tec­no­lo­gia.

A agên­cia con­ta com cer­ca de 400 as­so­ci­a­dos e ins­ta­lou três pro­je­tos so­ci­ais na ci­da­de: o Use e De­vol­va, em que são dis­po­ni­bi­li­za­das bi­ci­cle­tas pa­ra uso dos mo­ra­do­res; o Cen­tro de In­for­má­ti­ca, que ofe­re­ce au­las gra­tui­tas à po­pu­la­ção; e o pro­gra­ma A União Faz a Vi­da, que é uma me­to­do­lo­gia de en­si­no im­plan­ta­da em es­co­las mu­ni­ci­pais com foco em ci­da­da­nia e co­o­pe­ra­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.