Bra­si­lei­ros que­rem do­mar Pi­pe­li­ne

Metro Brazil (Maringa) - - ESPORTE - VI­NI­CIUS ARRUDA

Nada me­lhor que um tu­bo per­fei­to e uma gran­de ma­no­bra no Bil­la­bong Pi­pe Mas­ters pa­ra co­ro­ar o cam­peão da WSL (Li­ga Mun­di­al de Surf) de 2018. A com­pe­ti­ção põe à pro­va to­do o ta­len­to e a ha­bi­li­da­de dos três prin­ci­pais can­di­da­tos ao tí­tu­lo des­te ano: os bra­si­lei­ros Ga­bri­el Me­di­na e Fi­li­pe To­le­do, e o aus­tra­li­a­no Ju­li­an Wil­son. Eles se en­fren­tam en­tre ama­nhã e o pró­xi­mo dia 20 no “tem­plo sa­gra­do” do es­por­te pa­ra os sur­fis­tas de to­do o mun­do, o Ban­zai Pi­pe­li­ne, em Oahu, no Ha­vaí.

O even­to já é apre­sen­ta­do pe­la pró­pria WSL co­mo o du­e­lo en­tre o in­con­tes­tá­vel, o fe­roz e o pre­ci­so, re­fe­rin­do-se res­pec­ti­va­men­te à Me­di­na, atu­al lí­der do ran­king com 56.190 pon­tos, To­le­do e Wil­son, am­bos em­pa­ta­dos em se­gun­do lu­gar, com 51.450 pon­tos ca­da um.

Em bus­ca de seu bi­cam­pe­o­na­to mun­di­al – o pri­mei­ro foi em 2014 –, Me­di­na pre­ci­sa ter­mi­nar em pri­mei­ro ou se­gun­do lu­gar pa­ra le­var o tro­féu. Ca­so ele fi­que em ter­cei­ro, To­le­do ou Wil­son só ga­ran­tem o tí­tu­lo se ven­ce­rem o even­to (sai­ba mais ao abai­xo).

Já em so­lo ha­vai­a­no, os bra­si­lei­ros com­par­ti­lha­ram fo­tos em su­as re­des so­ci­ais de trei­nos e re­co­nhe­ci­men­to do mar. Em 2014, To­le­do fi­cou em 5º lu­gar na Pi­pe Mas­ters, foi sua me­lhor co­lo­ca­ção. E Me­di­na, em 2014 e 2015, fe­chou a eta­pa na vice-li­de­ran­ça. “É bom es­tar de vol­ta”, dis­se o cam­peão mun­di­al em seu Ins­ta­gram.

Pa­ra ga­ran­tir o bi­cam­pe­o­na­to, Me­di­na tem que fi­car em 1º ou 2º lu­gar na eta­pa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.