MEC abre uma sin­di­cân­cia pa­ra ca­so do li­vro di­dá­ti­co

Metro Brazil (Porto Alegre) - - BRASIL -

Após anu­lar as al­te­ra­ções pu­bli­ca­das no edital do PNLD (Pro­gra­ma Na­ci­o­nal do Li­vro Di­dá­ti­co), o mi­nis­tro da Edu­ca­ção, Ri­car­do Vé­lez, afir­mou, on­tem, que irá abrir sin­di­cân­cia pa­ra in­ves­ti­gar as mu­dan­ças fei­tas no do­cu­men­to.

O no­vo edital per­mi­tia a com­pra de li­vros di­dá­ti­cos com er­ros e pá­gi­nas pu­bli­ci­tá­ri­as. Além dis­so, re­ti­ra­va a exi­gên­cia de re­tra­tar a di­ver­si­da­de ét­ni­ca do Bra­sil e o com­pro­mis­so de não vi­o­lên­cia con­tra a mu­lher.

De acor­do com a as­ses­so­ria do MEC (Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção), os de­ta­lhes do pro­ces­so se­rão di­vul­ga­dos no “Diá­rio Ofi­ci­al da União” so­men­te após a con­sul­to­ria ju­rí­di­ca do ór­gão fi­na­li­zar to­dos os pro­ce­di­men­tos. Não há da­ta pa­ra a con­clu­são do tra­ba­lho.

Uma das pos­si­bi­li­da­des a ser apu­ra­da é a de que fun­ci­o­ná­ri­os po­de­ri­am ter re­ti­ra­do par­tes do tex­to co­mo boi­co­te à no­va ges­tão. Ou­tra ver­ten­te con­si­de­ra ape­nas um er­ro co­me­ti­do por al­gum ser­vi­dor.

| LUÍS FOR­TES/MEC

Vé­lez pe­de sin­di­cân­cia, mas não de­fi­ne da­ta pa­ra pu­bli­ca­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.