Rio gas­ta mais com o que não é pri­o­ri­da­de pa­ra a po­pu­la­ção

Metro Brazil (Rio) - - FOCO - BAND

Se vo­cê fos­se go­ver­na­dor, co­mo usa­ria o di­nhei­ro ar­re­ca­da­do com os im­pos­tos? Pes­qui­sa en­co­men­da­da pe­la Fir­jan (Fe­de­ra­ção das In­dús­tri­as do Es­ta­do do Rio) ao Ibo­pe In­te­li­gên­cia ou­viu 1,2 mil mo­ra­do­res de 37 mu­ni­cí­pi­os do Rio, em ju­nho, pa­ra ten­tar res­pon­der à per­gun­ta.

A pes­qui­sa, di­vul­ga­da on­tem na se­de da Fir­jan, in­di­ca que exis­te um des­com­pas­so en­tre o que é pri­o­ri­da­de pa­ra a po­pu­la­ção e a ma­nei­ra co­mo o es­ta­do di­re­ci­o­na o or­ça­men­to. Atu­al­men­te, a ca­da R$ 100 ar­re­ca­da­dos, R$ 37,43 vão pa­ra pa­gar os apo­sen­ta­dos e pen­si­o­nis­tas do es­ta­do, que re­pre­sen­tam me­nos de 1% da po­pu­la­ção flu­mi­nen­se. São des­ti­na­dos R$ 24,95 às des­pe­sas dos po­de­res Exe­cu­ti­vo, Le­gis­la­ti­vo e Ju­di­ciá­rio, bem

aci­ma do que é in­ves­ti­do em ou­tras áre­as, co­mo se­gu­ran­ça (R$ 14,08), edu­ca­ção (R$ 9,86) e saú­de (R$ 9,17). Com trans­por­tes (R$ 1,59), sa­ne­a­men­to (R$ 1,07) e ge­ra­ção de em­pre­go (R$ 0,96), o in­ves­ti­men­to é per­to de ze­ro.

Os en­tre­vis­ta­dos es­co­lhe­ram cin­co áre­as on­de con­si­de­ram que o go­ver­no de­ve­ria gas­tar mais – 90% des­ti­na­ri­am uma fa­tia mai­or do or­ça­men­to pa­ra saú­de, 79% pa­ra edu­ca­ção e 72% pa­ra se­gu­ran­ça.

Dos en­tre­vis­ta­dos, 52% dis­se­ram que de­ve­ria ha­ver re­du­ção nos gas­tos com a má­qui­na pú­bli­ca e, em se­gui­da, em­pa­ta­dos na mar­gem de er­ro, de 2%, ha­bi­ta­ção, cul­tu­ra, trans­por­te e pre­vi­dên­cia.

Ou­tra pre­o­cu­pa­ção é com o de­sem­pre­go, que atin­ge 15% da po­pu­la­ção e che­ga a 34% na fai­xa etá­ria dos 18 aos 24 anos. Ago­ra, os da­dos da pes­qui­sa se­rão apre­sen­ta­dos aos can­di­da­tos que dis­pu­tam o 2o tur­no da elei­ção pa­ra o go­ver­no do es­ta­do.

“Não tem co­mo que­rer re­sol­ver o pro­ble­ma da se­gu­ran­ça com de­sem­pre­go dos jo­vens des­se jei­to. Is­so é in­sus­ten­tá­vel, in­jus­to e imo­ral. Te­mos que pres­si­o­nar nos­sos go­ver­nan­tes”, con­cluiu o pre­si­den­te da Fir­jan, Edu­ar­do Eu­gê­nio Gou­vêa Li­ma.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.