De­cre­to re­gu­la­men­ta no­vo re­gi­me au­to­mo­ti­vo

Tex­to é apro­va­do em ses­são re­lâm­pa­go no Se­na­do. Pro­gra­ma pre­vê in­cen­ti­vo fis­cal a mon­ta­do­ras que in­ves­ti­rem em pes­qui­sa

Metro Brazil (Rio) - - { ECONOMIA} -

O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer as­si­nou on­tem, na aber­tu­ra do Sa­lão In­ter­na­ci­o­nal do Au­to­mó­vel de São Pau­lo, o de­cre­to que re­gu­la­men­ta o no­vo re­gi­me tri­bu­tá­rio au­to­mo­ti­vo, o Ro­ta 2030. A as­si­na­tu­ra ocor­reu ho­ras de­pois de o Se­na­do apro­var a me­di­da pro­vi­só­ria cri­an­do o pro­gra­ma, em uma ses­são re­lâm­pa­go de ape­nas 22 mi­nu­tos. O pro­je­to ain­da se­rá san­ci­o­na­do pe­lo pre­si­den­te.

Te­mer dis­se que es­ta­va “afli­to” com a pos­si­bi­li­da­de de o Se­na­do não apro­var a MP. “Ima­gi­ne se es­tou aqui pres­tes a as­si­nar o de­cre­to re­gu­la­men­tar e vem a no­tí­cia de que não hou­ve quó­rum ou que foi de­sa­pro­va­da a me­di­da. Eu sai­ria de­bai­xo de vai­as e ago­ra saio sob aplau­sos”.

A prin­ci­pal me­di­da do no­vo re­gi­me é a con­ces­são de até R$ 1,5 bi­lhão por ano de cré­di­to tri­bu­tá­rio à in­dús­tria, ca­so as mon­ta­do­ras par­ti­ci­pan­tes do Ro­ta 2030 in­vis­tam ao me­nos R$ 5 bi­lhões ao ano em pes­qui­sa e de­sen­vol­vi­men­to.

Se­gun­do pro­je­ções da Re­cei­ta Fe­de­ral, o tex­to ori­gi­nal da MP im­pli­ca­va a re­nún­cia fis­cal de cer­ca de R$ 2,11 bi­lhões em 2019 e de R$ 1,64 bi­lhão em 2020.

O Ro­ta 2030, que te­rá du­ra­ção de 15 anos, en­glo­ba ain­da in­cen­ti­vos co­mo re­du­ção de IPI (Im­pos­to so­bre Pro­du­tos In­dus­tri­a­li­za­dos) so­bre veí­cu­los hí­bri­dos e elé­tri­cos. Em­pre­sas que ade­ri­rem ao pro­gra­ma se com­pro­me­tem com uma me­ta de ele­va­ção na efi­ci­ên­cia ener­gé­ti­ca.

Os se­na­do­res man­ti­ve­ram mu­dan­ça fei­ta pe­la Câ­ma­ra, que re­ti­rou im­por­ta­do­res do be­ne­fí­cio fis­cal do pro­gra­ma. O tex­to apro­va­do po­de ba­ter de fren­te com a OMC (Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al do Co­mér­cio), que de­ci­diu con­tra o Ino­var Au­to jus­ta­men­te por­que o pro­gra­ma pri­vi­le­gi­ou fa­bri­can­tes lo­cais.

Ou­tra mu­dan­ça man­ti­da foi a in­clu­são de um dis­po­si­ti­vo que es­pe­ci­fi­ca que os veí­cu­los hí­bri­dos com mo­tor flex po­de­rão ter re­du­ção de, no mí­ni­mo, três pon­tos per­cen­tu­ais no IPI.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.