De­sa­fio: man­ter o crime em que­da e ata­car fac­ções

Metro Brazil (Sao Paulo) - - Foco -

O Me­tro Jor­nal ini­cia ho­je uma sé­rie de re­por­ta­gens com as pro­pos­tas pa­ra o es­ta­do de São Pau­lo dos can­di­da­tos mais bem co­lo­ca­dos nas pes­qui­sas elei­to­rais.

A par­tir dos pla­nos de go­ver­no re­gis­tra­dos na Jus­ti­ça Elei­to­ral, va­mos mos­trar o que os pos­tu­lan­tes pen­sam a res­pei­to de al­guns dos mais complexos problemas do es­ta­do e co­mo pre­ten­dem ata­cá-los. O primeiro te­ma é a se­gu­ran­ça pú­bli­ca.

O di­rei­to à se­gu­ran­ça é um de­ver do es­ta­do e uma das prin­ci­pais pre­o­cu­pa­ções da po­pu­la­ção. Di­vul­ga­da mês pas­sa­do, pes­qui­sa do Ibo­pe mos­trou que o pau­lis­ta con­si­de­ra a se­gu­ran­ça pú­bli­ca co­mo o ter­cei­ro mai­or pro­ble­ma de São Pau­lo.

Nos três anos com­ple­tos des­de a úl­ti­ma elei­ção (2015, 2016 e 2017), São Pau­lo re­gis­trou que­da nos ín­di­ces de cri­mes con­tra a vi­da – ho­mi­cí­dio (-12,3%) e la­tro­cí­nio (-3,2%) – e tam­bém con­tra o pa­trimô­nio – roubo (-1,1%) e fur­to e roubo de veí­cu­lo (-8,8%) –, com al­ta só nos fur­tos, de 4,1%.

Ape­sar da re­du­ção no nú­me­ro des­tas ocor­rên­ci­as, ou­tros dois de­li­tos têm con­ta­bi­li­za­do al­ta: os casos de es­tu­pro, com au­men­to de 19,7% no mes­mo pe­río­do, e o roubo de car­gas, que cres­ceu 24,6% nos úl­ti­mos três anos.

In­ten­si­fi­car a que­da des­tes ín­di­ces se­rá um dos de­sa­fi­os do no­vo go­ver­na­dor, se­gun­do o es­pe­ci­a­lis­ta em

Qual é a sua pro­pos­ta? Me­tro Jor­nal dá iní­cio ho­je à sé­rie de re­por­ta­gens que mos­tra­rá os prin­ci­pais problemas de São Pau­lo e quais as idei­as dos can­di­da­tos ao go­ver­no do es­ta­do pa­ra re­sol­vê-los. Primeiro te­ma é a se­gu­ran­ça pú­bli­ca

se­gu­ran­ça pú­bli­ca e pri­va­da Jorge Lor­del­lo, além do com­ba­te ao crime or­ga­ni­za­do.

“Pa­ra ata­car as fac­ções criminosas, é pre­ci­so des­mon­tá-las pe­lo to­po, on­de es­tão os lí­de­res, e não na ba­se, on­de fi­cam os pe­que­nos ban­di­dos, que são subs­ti­tuí­dos fa­cil­men­te. Is­so exi­ge in­ves­ti­ga­ção, in­te­li­gên­cia po­li­ci­al e par­ce­ria com o go­ver­no fe­de­ral, já que as ar­mas e dro­gas que mo­vi­men­tam es­sas qua­dri­lhas en­tram pe­las nos­sas fron­tei­ras des­pro­te­gi­das.” ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.