Go­ver­na­dor e pre­si­den­te fa­zem reu­nião

Metro Brazil (Sao Paulo) - - FOCO -

O go­ver­na­dor elei­to de São Pau­lo, João Do­ria (PSDB), e o pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca elei­to, Jair Bol­so­na­ro (PSL), se reu­ni­ram on­tem pe­la pri­mei­ra vez após a elei­ção, no ga­bi­ne­te de tran­si­ção, em Bra­sí­lia.

Na saí­da do en­con­tro, Do­ria dis­se a jor­na­lis­tas que a ban­ca­da do PSDB de­ve apoi­ar o fu­tu­ro pre­si­den­te. Mais ce­do ele al­mo­çou com par­la­men­ta­res tu­ca­nos.

“Dis­se ao pre­si­den­te que o PSDB de São Pau­lo não fi­ca em ci­ma do mu­ro, tem la­do. E o la­do do PSDB de São Pau­lo é o la­do do Bra­sil, por­tan­to, ele con­te com o nos­so apoio”, afir­mou, en­fa­ti­zan­do que os tu­ca­nos de­vem vo­tar a fa­vor da re­for­ma da Pre­vi­dên­cia.

O apoio ao go­ver­no é re­jei­ta­do por ou­tros lí­de­res tu­ca­nos, co­mo o ex-go­ver­na­dor Ge­ral­do Alck­min e o se­na­dor Tas­so Je­reis­sa­ti, que pre­fe­rem pos­tu­ra in­de­pen­den­te.

Do­ria ain­da dis­se que apoia o li­be­ra­lis­mo econô­mi­co do pre­si­den­te elei­to e que es­pe­ra aju­da da União pa­ra com­ba­ter a cri­mi­na­li­da­de em São Pau­lo – com o en­vio do Exér­ci­to, “se ne­ces­sá­rio” –, e pa­ra que os lí­de­res de fac­ções cri­mi­no­sas se­jam le­va­dos pa­ra pre­sí­di­os fe­de­rais.

| DI­VUL­GA­ÇÃO

Do­ria e Bol­so­na­ro du­ran­te en­con­tro on­tem em Bra­sí­lia

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.