MA­TE­RI­AL ES­CO­LAR

NOSSODIA - - Nossonegócio - POR: GUS­TA­VO ORTLIEB GUS­TA­VO ORTLIEB é es­tu­dan­te de Ci­ên­ci­as Econô­mi­cas Fa­le com o co­lu­nis­ta: gor­tli­[email protected]­tlo­ok.com

Um lei­tor me en­vi­ou a se­guin­te per­gun­ta: “Na ho­ra de com­prar os ma­te­ri­ais es­co­la­res, pa­gar à vis­ta e uti­li­zar os des­con­tos ofe­re­ci­dos, fi­can­do bem aper­ta­do já que exis­tem ou­tras con­tas em ja­nei­ro, ou pa­gar par­ce­la­do e fi­car mais tran­qui­lo, po­rém com uma dí­vi­da a lon­go pra­zo?” Pri­mei­ra­men­te, obri­ga­do pe­la per­gun­ta. Em se­gun­do lu­gar, vo­cê de­ve le­var em con­ta co­mo es­ta o seu pla­ne­ja­men­to, já que o iní­cio do ano, co­mo to­dos sa­bem, é um pe­río­do de va­ri­as con­tas al­tas e obrigatórias, ou se­ja, vo­cê já de­ve es­tar pre­pa­ra­do pa­ra as­su­mir to­das es­sas con­tas. O ide­al se­ria o pa­ga­men­to a vis­ta, já que, va­mos ima­gi­nar um desconto de 10% pa­gan­do a vis­ta da­do pe­la es­co­la, se não hou­ver um pla­ne­ja­men­to fi­nan­cei­ro an­tes, po­de acon­te­cer de, de­vi­do as ou­tras con­tas, vo­cê en­trar no che­que es­pe­ci­al e es­ses 10% vão pa­ra o bu­ra­co. Por is­so, acon­se­lho sem­pre o pa­ga­men­to a vis­ta, des­de que se­ja fei­to um pla­ne­ja­men­to pa­ra que não en­tre nos ju­ros de car­tão e che­que es­pe­ci­al ao fim do mês. O pla­ne­ja­men­to é es­sen­ci­al pa­ra qual­quer dí­vi­da e nes­se pe­río­do de co­me­ço de ano, ato­la­do de con­tas, se não hou­ver um óti­mo pla­ne­ja­men­to e uma ba­se, to­do seu ano se­rá com­pro­me­ti­do!

Man­de sua per­gun­ta pa­ra o email que o NOS­SO BOL­SO res­pon­de, ou aqui na co­lu­na, ou no pró­prio email!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.