Fó­rum con­clui pre­pa­ro de ur­nas

O Diário do Norte do Paraná - - MARINGÁ - Vic­tor Ro­dri­gues vic­tor­ro­dri­[email protected]­a­rio.com Lo­cais e pro­ces­so

On­tem, fo­ram pre­pa­ra­das as últimas 167 ur­nas da 154ª ZE de qua­tro ci­da­des da mi­cror­re­gião Ce­rimô­nia de la­cra­ção é aber­ta ao pú­bli­co em ge­ral e tem acom­pa­nha­men­to do juiz elei­to­ral

O Fó­rum Elei­to­ral de Maringá en­cer­rou on­tem, 2, la­cra­ção das ur­nas ele­trô­ni­cas que se­rão en­ca­mi­nha­das para escolas e seus de­vi­dos lo­cais de vo­ta­ção no domingo, 7. Nes­ta ter­ça­fei­ra fo­ram pre­pa­ra­das as 167 ur­nas res­tan­tes da 154ª Zo­na Elei­to­ral que ad­mi­nis­tra as eleições em qua­tro ci­da­des da mi­cror­re­gião: Pai­çan­du, Dou­tor Ca­mar­go, Flo­res­ta e Iva­tu­ba. A la­cra­ção das de­mais ur­nas que se­rão dis­tri­buí­das nas ins­ti­tui­ções de Maringá foi fei­ta en­tre sá­ba­do, 29, e domingo, 30.

A se­de ma­rin­ga­en­se da Jus­ti­ça Elei­to­ral abri­ga qua­tro car­tó­ri­os, três re­fe­ren­tes a ci­da­de e um aos de­mais mu­ni­cí­pi­os vi­zi­nhos. São eles: 137ª Zo­na Elei­to­ral, 192ª, 66ª e a 154ª. “Nes­te pro­ces­so, elas são abas­te­ci­das, re­gu­la­das, ve­ri­fi­ca­das e la­cra­das. Da­qui, par­tem no sá­ba­do para os lo­cais de vo­ta­ção para fun­ci­o­na­rem no domingo, o dia to­do”, ex­pli­ca a chefe da 154ª Zo­na Elei­to­ral, Ana Cristina Mar­tins Ri­bei­ro.

To­do o pro­ce­di­men­to é fei­to com as equi­pes dos car­tó­ri­os, seus de­vi­dos che­fes e acom­pa­nha­da pe­lo juiz elei­to­ral. Além disso, a ce­rimô­nia é aber­ta ao pú­bli­co e a re­pre­sen­tan­tes dos par­ti­dos e ór­gão da Jus­ti­ça tam­bém são con­vi­da­dos. “Is­so é fei­to para que to­dos pos­sam che­car o sis­te­ma e even­tu­ais ir­re­gu­la­ri­da­des, pos­sí­veis frau­des. É aber­to para qual­quer ci­da­dão in­te­res­sa­do”, ex­pli­ca a di­re­to­ra.

De acor­do com o juiz e di­re- tor do Fó­rum Elei­to­ral, Fre­de­ri­co Men­des Jú­ni­or, o sis­te­ma é con­fiá­vel e ga­ran­ti­do. “Para quem co­lo­ca em dú­vi­da, ga­ran­ti­mos que o pro­ces­so elei­to­ral é seguro. O sis­te­ma ge­ra um nú­me­ro de re­sul­ta­do lo­go após o fim da vo­ta­ção, e o mesmo da­do é en­ca­mi­nha­do para uma cen­tral, on­de é fei­ta a con­ta­gem. Tu­do é che­ca­do e a pro­gra­ma­ção é se­gu­ra. Ain­da con­ta­mos com ur­nas de con­tin­gên­cia, que subs­ti­tu­em aque­las que po­dem apre­sen­tar fa­lhas no de­cor­rer do dia”, es­cla­re­ce.

Ele diz que, além disso, na da­ta da elei­ção, as equi­pes são for­ma­das por di­ver­sas pes­so­as dos mais va­ri­a­dos ramos, tan­to fun­ci­o­ná­ri­os dos car­tó­ri­os, co­mo me­sá­ri­os, vo­lun­tá­ri­os, fis­cais dos par­ti­dos. “São pes­so­as de to­dos as áre­as en­vol­vi­das para o tra­ba­lho no dia. Sem­pre aten­tas”, re­la­ta.

A par­tir de ago­ra, os car­tó­ri­os de­vem or­ga­ni­zar os ma­te­ri­ais in­for­ma­ti­vos, fai­xas, pai­néis, en­tre ou­tros, para dis­por nos lo­cais de vo­ta­ção. Nes­te ano, as eleições con­tam com seis eta­pas: o ci­da­dão de­ve­rá vo­tar pri­mei­ro no de­pu­ta­do fe­de­ral, se­gui­do do es­ta­du­al, dois se­na­do­res, governador e pre­si­den­te.

“É im­por­tan­te as pes­so­as fi­ca­rem aten­tas aos ho­rá­ri­os e pre­fe­ri­rem mo­men­tos com menor mo­vi­men­to, por­que o pro­ce­di­men­to de­ve­rá ser mais lon­go que das eleições mu­ni­ci­pais”, re­la­ta Pa­trí­cia Se­vi­lha Greco, chefe da Cen­tral de Aten­di­men­to Elei­to­ral (CAE).

Ela ex­pli­ca que, ao con­trá­rio do que tem cir­cu­la­do pe­las re­des so­ci­ais, o fa­to de anu­lar um voto não anu­la os de­mais, e o fa­to de vo­tar bran­co no se­gun­do se­na­dor, não anu­la o pri­mei­ro.

“Ca­so aper­tem os nú­me­ros do mesmo se­na­dor du­as ve­zes, va­le­rá so­men­te o pri­mei­ro. Já se qui­ser anu­lar o se­gun­do, por não ter op­ção, di­gi­te uma com­bi­na­ção ale­a­tó­ria ou po­de cli­car no bran­co, que se­rá com­pu­ta­da co­mo bran­co ou nu­lo para aque­la si­tu­a­ção, sem afe­tar as de­mais eta­pas, que te­rão seus re­gis­tros nor­mais”, es­cla­re­ce Pa­trí­cia.

Para evitar con­fu­são so­bre lo­cal de vo­ta­ção, a chefe do CAE su­ge­re que o elei­tor acesse o si­te do Tribunal Superior Elei­to­ral (TSE): www.tse.jus.br. - ou bai­xe o apli­ca­ti­vo e-Tí­tu­lo no smartpho­ne, que te­rá to­dos os dados ne­ces­sá­ri­os.

— JOÃO PAU­LO SAN­TOS

SE­GU­RAN­ÇA. Últimas ur­nas fo­ram la­cra­das on­tem, no Fó­rum Elei­to­ral de Maringá.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.