Se­tor de ata­ca­do cres­ce 4,94%

O Diário do Norte do Paraná - - ECONOMIAIA - Dayan­ne Sou­sa Agên­cia Es­ta­do

O fa­tu­ra­men­to do se­tor ata­ca­dis­ta cres­ceu 4,94% em agos­to, em ter­mos no­mi­nais, na com­pa­ra­ção com igual mês do ano pas­sa­do, e su­biu 5,91% an­te ju­lho des­te ano, apon­ta pes­qui­sa men­sal da As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Ata­ca­dis­tas e Dis­tri­bui­do­res de Pro­du­tos In­dus­tri­a­li­za­dos (Abad), apu­ra­da pe­la Fun­da­ção Ins­ti­tu­to de Ad­mi­nis­tra­ção (FIA). No acu­mu­la­do do ano, de ja­nei­ro a agos­to, hou­ve que­da de 0,55% em re­la­ção ao mes­mo pe­río­do de 2017.

Em no­ta, o pre­si­den­te da Abad, Emer­son Luiz Des­tro, des­ta­ca que tem ha­vi­do re­cu­pe­ra­ção nas ven­das em meio à apro­xi­ma­ção das fes­tas de fim de ano. “Em­bo­ra a mas­sa de de­sem­pre­ga­dos, que é o gran­de pi­lar da re­cu­pe­ra­ção econô­mi­ca, per­ma­ne­ça sem gran­des mo­vi­men­ta­ções e o ce­ná­rio po­lí­ti­co mui­to in­de­fi­ni­do, o se­tor ata­ca­dis­ta e dis­tri­bui­dor man­te­ve-se fir­me no pro­pó­si­to de re­ver­ter os re­sul­ta­dos ne­ga­ti­vos do iní­cio do ano”, afir­mou.

A ex­pec­ta­ti­va do se­tor, se­gun­do Des­tro, é de que as ven­das cres­çam até 1% es­te ano an­te 2017.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.