O Dia

A PALAVRA

- É o Reitor do Santuário do Cristo Redentor do Corcovado. Faça perguntas ao Padre Omar pelo e-mail Acesse também www.padreomar.com e

Damos atenção a tantas palavras de ordem, sem sequer nos darmos conta. Já reparou? Os comerciais e diversos anúncios publicitár­ios nos incitam à compra, a opinião dos outros influencia o que pensamos e fazemos... Vivemos em uma s ociedade em que a palavra tem força de persuasão. Mas será que estamos dando valor àquela que, realment e , pode t r a nsf or mar a nossa vida?

É isso que o Evangelho deste domingo vem nos lembrar. Algumas vezes, estamos tão convictos sobre o que é o cer t o a s er feito que não ouvimos a voz de Deus a nos orientar. Veja o exemplo do experi e nt e pescador, Pedro. Ele, mesmo cansado e após uma noite inteira t entando, sem sucesso, fi sgar peixes, se abriu a ouvir a orientação de Jesus — carpinteir­o e não pescador! — que o convid av a a lançar as redes mais uma vez, porém em águas mais profundas. Veja que resposta l i nda ele deu ao Senhor:

“Mestre, nós trabalhamo­s a noite inteira e nada pescamos. Mas, em atenção à tua palavra, vou lançar as redes”. (Lc 5, 5b)

E, “apanharam tamanha quantidade de peixes que as redes se rompiam” (Lc 5, 6)! Vale a pe- na ouvir o que o Senhor nos diz, viu?! Às vezes, fal a pela i ntuição, outras, por meio de amigos ou fat o s d o c o t i d i a n o , mas também na Sagrada Escritura e pelo Magistério da Ig r e j a . E S uas Pal a - vras têm o poder de transforma­r a nossa vida! São palavras de vida eterna! O que costuma acontecer é que nós, ao contrário de Pedro, não temos a humildade de querer dar atenção ao que nos é dit o. Achamos que s a bemos o suficiente, que nos bastamos, que as ideias e ideais cristãos são retróg ra dos e t c . Uma pena! Pe r d e mos a c ha nc e d e um sucesso absurdo naquilo que realizamos...

É Carnaval: tempo de descanso e retiro para alguns, e de lazer e folia para outros. Rezar e r el axar são coisas importante­s, e se divertir também é ! Por t a nt o, não e x i s t e opção ruim se f o r mos atentos à palavra do Senhor, na Sagrada Escritura, que nos lembra: “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém ” (I Cor 6,12). Juízo e sabedoria são e f undamentai­s! #vamoemfren­te

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil