O Dia

História do patrono de Caxias preservada

Museu que reúne memória do Marechal Duque de Caxias aberto para visitação gratuita

- ALINE CAVALCANTE aline.cavalcante@odia.com.br

Aantiga Fazenda São Paulo, em Duque de Caxias, é hoje o Museu Histórico do Duque de Caxias e da Taquara. Apesar de ter sido criado em 1972 para valorizar a memória do patrono da cidade e sua relevância para a história do município, 90 % da população da cidade nunca visitou o museu.

Conta a história que Luís Alves de Lima e Silva, Patrono do Exército Brasileiro e de Duque de Caxias, nasceu e viveu onde funciona o museu arqueológi­co e histórico. No espaço há exposição de peças de armas da época, algumas usadas pelo marechal, e de utensílios domésticos de sua família. O visitante pode ver as ferramenta­s utilizadas na fazenda e partes da casa.

O acervo pessoal do duque também está exposto:moedas, objetos utilizados em montaria, facas, espadas e réplicas do espadim do marechal.

Para incentivar a visita- ção, a prefeitura vai realizar uma série de ações ainda neste semestre. “Queremos aumentar o turismo cultural e fazer com que o Museu da Taquara seja referência”, afirma o secretário de Cultura e Turismo, André Oliveira.

Além da importânci­a histórica, a beleza natural que cerca o museu ganha destaque. “O salão de exposição fica na parte mais alta, fazendo uma espécie de mirante , é lindo!”, afirma Uhelinton Viana, administra­dor do espaço.

O museu fica na Av. Automóvel Clube, Km 54, no bairro da Taquara, e fica aberto de terça a domingo, das 9h às 17h. A entrada é gratuita.

 ?? FOTOS DE DIVULGAÇÃO ?? Do lado de fora, a beleza natural cerca o espaço. As ruínas ‘convidam’ o visitante a uma viagem no tempo
FOTOS DE DIVULGAÇÃO Do lado de fora, a beleza natural cerca o espaço. As ruínas ‘convidam’ o visitante a uma viagem no tempo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil