Wit­zel de­fi­ne os pri­mei­ros no­mes do se­cre­ta­ri­a­do

E anun­cia que vis­to­ria nos veí­cu­los po­de­rá fi­car a car­go de ope­ra­ções co­mo a Lei Se­ca

O Dia - - FRONT PAGE - WIL­SON AQUINO wil­son.aquino@odia.com.br

De­pu­ta­do fe­de­ral Ota­vio Lei­te (PSDB) vai co­man­dar a pas­ta do Tu­ris­mo, e o ex-juiz de fu­te­bol Gu­tem­berg de Pau­la se­rá se­cre­tá­rio de Go­ver­no. Vis­to­ria de veí­cu­los po­de pas­sar a ser fei­ta pe­la Ope­ra­ção Lei Se­ca.

O go­ver­no de Wil­son Wit­zel (PSC) co­me­ça a to­mar cor­po. On­tem, o go­ver­na­dor elei­to anun­ci­ou seus dois pri­mei­ros se­cre­tá­ri­os e, de que­bra, o no­vo pre­si­den­te do Pro­con. O anún­cio foi fei­to du­ran­te co­le­ti­va na Fe­co­mér­cio, no Fla­men­go, on­de tam­bém foi apre­sen­ta­do o pla­no de tran­si­ção.

O pri­mei­ro no­me a ser ofi­ci­a­li­za­do foi o do de­pu­ta­do fe­de­ral Otá­vio Lei­te (PSDB), que não con­se­guiu a re­e­lei­ção. Ele vai as­su­mir a pas­ta do Tu­ris­mo. O ex-juiz de fu­te­bol Gu­tem­berg de Pau­la Fon­se­ca, que atu­ou no mar­ke­ting di­gi­tal das cam­pa­nhas de po­lí­ti­cos do PSL e do pró­prio Wit­zel, se­rá o se­cre­tá­rio de Go­ver­no. O Pro­con fi­ca­rá sob o co­man­do de Cás­sio Co­e­lho, fun­ci­o­ná­rio de car­rei­ra do Tri­bu­nal de Jus­ti­ça do Rio.

Ao tra­tar das ‘ne­go­ci­a­tas’ no De­tran, Wit­zel re­a­fir­mou que as vis­to­ri­as co­mo exis­tem ho­je se­rão ex­tin­tas. “Va­mos pas­sar a fa­zer na rua. Ale­a­to­ri­a­men­te, va­mos es­co­lher veí­cu­los pa­ra se­rem vis­to­ri­a­dos, co­mo o po­der de po­lí­cia per­mi­te. A cir­cu­la­ção de veí­cu­los em má con­ser­va­ção de­ve ser fis­ca­li­za­da pe­lo Es­ta­do. Po­de­mos fa­zer jun­to com a blitz da Lei Se­ca”, su­ge­riu.

Se­gun­do o che­fe de ga­bi­ne­te de tran­si­ção de Wit­zel, Jo­sé Luiz Car­do­so Za­mith, o cro­no­gra­ma de tra­ba­lho pre­vê que até o dia 22 de no­vem­bro, o go­ver­na­dor Luiz Fer­nan­do Pe­zão apre­sen­te re­la­tó­rio com a si­tu­a­ção de to­das as se­cre­ta­ri­as. Até o dia 30, o no­vo se­cre­ta­ri­a­do de Wit­zel ex­põe a aná­li­se do ma­te­ri­al re­ce­bi­do. No dia 28 de de­zem­bro, três di­as an­tes da pos­se, Wit­zel de­ve apre­sen­tar seu pla­no de go­ver­no.

Za­mith dis­se ain­da que há pro­je­tos e me­tas pa­ra os pri­mei­ros 100 di­as de go­ver­no, um pla­no de ação pa­ra o pri­mei­ro se­mes­tre e, de­pois, o pro­gra­ma de go­ver­no pa­ra os qua­tro anos. “A ideia é de im­ple­men­tar na ges­tão pú­bli­ca bo­as prá­ti­cas do mer­ca­do pri­va­do, da ges­tão em­pre­sa­ri­al: uni­for­mi­zar in­di­ca­do­res de per­for­man­ce e go­ver­nan­ça e ge­rar co­bran­ça em to­das as pas­tas com ba­se na­qui­lo que o go­ver­na­dor es­pe­ra e na­qui­lo com que se com­pro­me­teu com a po­pu­la­ção”, afir­mou o che­fe de ga­bi­ne­te.

Wit­zel re­a­fir­mou que não vai to­le­rar des­vi­os de ca­rá­ter. “Cor­rup­to não tem es­pa­ço no meu go­ver­no”. Ele pro­me­teu um se­tor de go­ver­nan­ça cor­po­ra­ti­va, pa­ra que ha­ja o “má­xi­mo de trans­pa­rên­cia”. So­bre o pro­ces­so de tran­si­ção, o fu­tu­ro go­ver­na­dor ga­ran­tiu que o tra­ba­lho não se­rá pre­ju­di­ca­do pe­la pri­são de um dos in­te­gran­tes da co­mis­são, o se­cre­tá­rio de Go­ver­no de Pe­zão, Af­fon­so Mon­ne­rat, de­ti­do na ope­ra­ção Fur­na da On­ça.

ALE­XAN­DRE BRUM / AGEN­CIA O DIA

ALE­XAN­DRE BRUM / AGEN­CIA O DIA

Gu­tem­berg (ócu­los), que as­su­mi­rá Se­cre­ta­ria de Go­ver­no, com Otá­vio Lei­te, fu­tu­ro se­cre­tá­rio de Tu­ris­mo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.